F1
13/04/2017 09:32

Hamilton exalta rivalidade com Vettel em 2017 e diz que luta com pilotos de equipes diferentes “é mais divertida”

Lewis Hamilton previu uma Ferrari forte neste fim de semana no Bahrein e afirmou que é mais divertido brigar pelo título com um piloto de outra equipe. Britânico afirmou, no entanto, que não acha mais difícil brigar com alguém que vista outro uniforme
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
 
Depois de alguns anos de domínio absoluto da Mercedes na F1, Lewis Hamilton celebra a chance de brigar com um rival que vista outro uniforme. Até aqui, Sebastian Vettel é a maior ameaça ao sonho da equipe de Brackley de reter seu título por mais uma temporada.
 
Nesta quinta-feira (13), durante uma coletiva de imprensa em Sakhir, Hamilton previu uma Ferrari forte no fim de semana, mas destacou o empenho da Mercedes para manter sua boa forma.
Lewis Hamilton avaliou que é mais divertido brigar com pilotos de outros times (Foto: Twitter/F1)

“Toda a equipe está trabalhando muito, muito duro para poder manter esse nível”, disse Hamilton. “Acho que a diferença entre nós e a Ferrari vai ser ainda menor neste fim de semana. O calor cai ajudar”, opinou.
 
Ainda, Lewis falou sobre a rivalidade com a Ferrari e comentou que a disputa fica mais emocionante quando a disputa envolve times distintos.
 
“É um campeonato muito mais emocionante”, comentou. “Lutar contra outra equipe é o que eu mais esperava em 2007 ou 2008”, contou. 
 
“Eu cresci vendo corridas entre a McLaren, que era a melhor equipe, e Ferrari e McLaren sempre lutavam uma contra a outra e era muito emocionante, então estar nesta luta com uma Ferrari tão forte, uma equipe histórica, creio que é muito melhor do que ter dois prateados na ponta”, opinou.
 
O #44, porém, entende que é diferente disputar com um adversário de outra equipe, mas avalia que é mais divertido do que brigar com um rival que vista o mesmo uniforme.
 
“Acho que é mais difícil competir contra alguém de outra equipe. Não acho que um seja mais difícil do que o outro, mas é diferente”, apontou. “Nós, por exemplo, estamos na mesma garagem, então buscar o meu ritmo aqui não é o mesmo que buscar meu ritmo contra Sebastian. Neste caso, você tem de lutar contra seus limites, sozinho, e este é um dos desafios que eu adoro. Quando você está comparando dados não é tão divertido quanto competir contra o desconhecido”, apontou.
 
Por fim, questionado sobre a decisão de Fernando Alonso de perder o GP de Mônaco para disputar a edição 2017 das 500 Milhas de Indianápolis, Lewis respondeu: “Primeiro, acho que é fantástico que um piloto faça isso. Acho que deveríamos ser capazes de fazer mais. No passado, os pilotos faziam competições diferentes”.
 
“Espero que Jenson [Button] volte. Vai ser fantástico para o esporte tê-lo aqui uma vez mais”, concluiu.


 
PADDOCK GP #73 DISCUTE F1, MOTOGP E INDY E FAZ PRÉVIA DO GP DO BAHREIN



Últimas Notícias
quarta-feira, 28 de junho de 2017
Indy
F1
F1
Truck
F1
F1
F1
Stock Car
Rali
Superbike
Copa GP de Kart
F1
MotoGP
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook