F1
12/05/2017 06:28

Hamilton lidera domínio da Mercedes em TL1 marcado por novo problema no motor Honda de Alonso na Espanha

Na luta contra a Ferrari, a Mercedes começou bem o fim de semana do GP da Espanha e liderou o primeiro treino com Lewis Hamilton e Valtteri Bottas em segundo lugar. Pior para Fernando Alonso, que vive mais uma fase do seu calvário com o motor Honda e teve apenas 15 minutos de pista nesta manhã
Warm Up, de Barcelona
FERNANDO SILVA, de Sumaré
 


O fim de semana do GP da Espanha começou de forma bastante positiva para a Mercedes e desastroso para Fernando Alonso. Na luta contra a Ferrari, a escuderia prateada dominou o primeiro treino livre da quinta etapa da temporada, realizado na manhã desta sexta-feira (12) em Barcelona. Lewis Hamilton foi o mais rápido ao cravar 1min21s521, superando Valtteri Bottas em apenas 0s029. A Mercedes traz atualizações consideráveis tanto no carro como também no motor.

A Ferrari desta vez foi discreta. Kimi Räikkönen foi o terceiro, com 0s935 de desvantagem para Hamilton, e Sebastian Vettel, líder do campeonato, fechou a sessão em quarto. O tetracampeão enfrentou um problema no câmbio, mas conseguiu voltar para completar uma pequena sequência de voltas rápidas.

Centro das atenções, Alonso continua a carregar a cruz que tem sido o motor Honda. Duas semanas depois de sequer largar para o GP da Rússia, o bicampeão mal teve tempo de acelerar e enfrentou um grande vazamento de óleo, rodando na curva 3 do circuito catalão e encerrando ali sua participação no treino. Bastante irritado, Alonso até deixou o autódromo pouco depois.
Lewis Hamilton foi o mais rápido da manhã de treinos livres da F1 em Barcelona (Foto: Reprodução)
Max Verstappen, da Red Bull, superou Daniel Ricciardo e foi o quinto. A surpresa foi o desempenho da Haas, que colocou Kevin Magnussen em sétimo lugar. Felipe Massa terminou a manhã em 14º, atrás da McLaren que andou, a de Stoffel Vandoorne.

A segunda sessão de treinos livres na Espanha acontece logo mais, às 9h (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO está em Barcelona e acompanha tudo que acontece na quinta etapa do campeonato da F1 com o repórter Thiago Arantes. Acompanhe todas as atividades AO VIVO e em TEMPO REAL.

Saiba como foi o primeiro treino livre do GP da Espanha de F1

A abertura dos trabalhos da F1 em Barcelona trouxe novidades importantes, como a implantação da regra para a melhor identificação dos pilotos em seus carros. As equipes, em sua maioria, também desenvolveram atualizações para a abertura da fase europeia da temporada, com a Mercedes entregando grandes mudanças e um novo conceito na parte dianteira do W08 EQ Power +, além de um novo (e mais potente) motor para equilibrar a batalha contra a Ferrari.

Felipe Massa completou a primeira volta rápida do fim de semana, mas as atenções estavam voltadas mesmo a Fernando Alonso. Sobretudo depois que o motor Honda apresentou mais um problema e voltou a deixar o bicampeão na mão, para tristeza dos seus fãs nas arquibancadas. Um grande vazamento de óleo fez o espanhol rodar na curva 3 e encerrar precocemente seu trabalho no período da manhã. Irritado, o espanhol deixou o circuito pouco depois.




Se servia de consolo para Alonso, ele não foi o único grande piloto a enfrentar problemas no início do treino. Logo depois de completar uma volta rápida, Vettel encostou sua Ferrari na saída do pit-lane por conta de uma pane no câmbio. Mas o alemão voltaria mais tarde à pista.

Assim, a Mercedes tinha caminho livre para mostrar serviço com seus carros atualizados. Não demorou muito para as Flechas de Prata tomarem a ponta da sessão: primeiro com Bottas e, pouco depois, com Hamilton e o tempo de 1min23s531.

A Wiliams foi a primeira equipe a colocar seus carros na pista com pneus médios, com Massa se colocando momentaneamente na quarta posição, enquanto Lance Stroll aparecia em 11º durante um stint bastante longo. Por alguns minutos, apenas os pilotos da Williams quebravam o silêncio no circuito de Barcelona. Até que outros carros também vieram à pista com os pneus médios, como Max Verstappen, que encaixou boa volta e assumiu a ponta da sessão com 1min22s706. E Vettel, após a Ferrari corrigir o problema sem precisar trocar o câmbio, também deixava os boxes.
Vettel deixa boxes da Ferrari após problemas no câmbio no início do treino (Foto: Reprodução)
Tão logo conseguiu fazer uma volta rápida, Vettel pulou para a ponta com 1min22s600. Mas as Mercedes, também com pneus médios, voltaram a protagonizar a tabela de tempos. Hamilton retomou a liderança com 1min21s521 depois de ter superado Bottas em 0s029. Räikkönen subia para terceiro, deixando Vettel em quarto.

As primeiras colocações da sessão foram mantidas em razão da programação das equipes, que dedicaram os minutos finais à avaliação do ritmo de corrida, sobretudo com pneus médios. Uma surpresa positiva foi a ascensão da McLaren de Stoffel Vandoorne ao 13º lugar, um alento depois de um começo de fim de semana tão difícil com Fernando Alonso.

No fim, Magnussen enfrentou problemas com seu carro e encostou na curva 4. A direção de prova acionou o safety-car virtual até remover o VF-17 #20. A situação impediu a melhora dos tempos na fase derradeira da sessão, que marcou o bom começo da Mercedes em Barcelona.

F1, GP da Espanha, Barcelona, treino livre 1: 

1   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:21.521   28
2   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes 1:21.550 +0.029 30
3   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari 1:22.456 +0.935 24
4   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari 1:22.600 +1.079 23
5   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer 1:22.706 +1.185 22
6   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer 1:23.084 +1.563 17
7   20 Kevin MAGNUSSEN DIN Haas Ferrari 1:23.670 +2.149 22
8   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari 1:23.758 +2.237 23
9   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault 1:23.993 +2.472 24
10   25 Carlos SAINZ JR ESP Toro Rosso Renault 1:24.004 +2.483 21
11   11 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes 1:24.188 +2.667 23
12   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes 1:24.324 +2.803 22
13   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Honda 1:24.400 +2.879 24
14   19 Felipe MASSA BRA Williams Mercedes 1:24.618 +3.097 34
15   26 Daniil KVYAT RUS Toro Rosso Renault 1:24.642 +3.121 18
16   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari 1:24.966 +3.445 23
17   94 Pascal WEHRLEIN ALE Sauber Ferrari 1:25.182 +3.661 24
18   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes 1:25.919 +4.398 34
19   46 Sergey SIROTKIN RUS Renault 1:26.293 +4.772 10
20   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Honda     1
          Tempo 107% 1:27.227 +5.706  
                 
Recorde Rubens BARRICHELLO BRA Brawn Mercedes 1:19.954 09/05/2009  
Melhor volta Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari 1:21.670 27/04/2008  

RUMOR SOBRE PRÉ-ACORDO COM MERCEDES PODE ESTRAGAR RELAÇÃO ENTRE VETTEL E FERRARI



Últimas Notícias
quinta-feira, 23 de novembro de 2017
F1
Indy
MotoGP
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook