F1
09/01/2017 07:50

Hülkenberg se diz realista e descarta ver Renault na briga por pontos nas primeiras etapas de 2017 da F1

Nico Hülkenberg descartou qualquer arrependimento da decisão de trocar a Force India pela Renault para 2017, mas acha que a equipe francesa não vai se colocar imediatamente na zona de pontos. O alemão, embora entusiasmado com a chance, entende que o time vai precisar de tempo para desenvolver bem o carro
Warm Up
Redação GP, de Leipzig
 

Nico Hülkenberg não se arrepende da decisão de aceitar o acordo com a Renault na F1. O alemão, que deixou a Force India, optou por mudar de ares e aproveitou a oportunidade de defender uma equipe de fábrica. Considerado um dos melhores pilotos do grid e vencedor das 24 Horas de Le Mans em 2015, Hülkenberg chegou a ser considerado para substituir Nico Rosberg na Mercedes, mas entende-se que a esquadra francesa não quis nem ouvir a proposta do time prateado.
 
"A Mercedes era a fornecedora de motores da Force India e chegamos a fazer algumas atividades promocionais juntos no verão em Hockenheim. Rosberg poderia ter me dito silenciosamente o que se retiraria se vencesse o título", brincou Hülkenberg em entrevista à edição de domingo do jornal "Bild".
 
Falando sério, o piloto de 29 anos insistiu que está feliz com a decisão que tomou e que não vê a hora de entrar no carro francês. "Meu objetivo era pilotar por uma equipe de fábrica. E isso eu consegui com a Renault. Ambos temos meta a cumprir agora", disse.
Nico Hülkenberg vai defender as cores da Renault em 2017 (Foto: Force India)

Hülkenberg, no entanto, tem os pés bem fincados no chão e acho que, embora acredite em um grande passo da Renault em 2017, o time ainda terá um ano de muito trabalho. "Acho que este ano ainda será um ano de construção. Você tem de ser realista. Eles viveram um ano difícil na temporada passada. Obviamente, quando compraram a equipe, a situação era complicada, especialmente no início do campeonato."
 
"Espero que neste ano tudo esteja um pouco melhor, mas acho que não estaremos entre os dez primeiros imediatamente. Será um ano desafiador. Essas coisas levam muito tempo para se ajustar", emendou.

Últimas Notícias
segunda-feira, 9 de janeiro de 2017
F1
Rali
F1
domingo, 8 de janeiro de 2017
Rali
Rali
Rali
Rali
F1
Rali
F1
Rali
MotoGP
F1
Rali
F-E
Galerias de Imagens
Facebook