F1
17/07/2017 11:10

Inegociável até por '100 milhões' para Red Bull, Verstappen se anima por ser “mais caro que um jogador de futebol”

Max Verstappen 'tirou onda' após saber que a Red Bull não está disposta a negociá-lo nem por uma quantia que atrairia a maioria dos jogadores de futebol do mundo. Mesmo assim, se recusou a falar do assunto Ferrari
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

Max Verstappen terminou o fim de semana do GP da Inglaterra satisfeito por saber que a Red Bull não deixaria que ele fosse embora nem por '100 milhões', como afirmou o consultor Helmut Marko em entrevista na semana passada. Segundo o jovem piloto holandês, que terminou a corrida em Silverstone na quarta colocação, é interessante saber que seu passe vale mais do que a de grandes jogadores de futebol.
 
Marko, é bom lembrar, não especificou o dinheiro em que estava fazendo o orçamento de Max. Se tratava de uma maneira simbólica de dizer que Verstappen é inegociável e não há oferta no mundo que faça a Red Bull abrir mão de seu prodígio. Ao perguntado sobre o que achou da declaração de Marko, mostrou bom humor.
 
"100 milhões? Genial, eu sou mais caro que um jogador de futebol", brincou. "É sempre muito positivo quando alguém te dá valor", afirmou.
 
A afirmação de Marko foi feita após o veterano ser questionado sobre o interesse da Ferrari no piloto para substituir Kimi Räikkönen a partir da temporada 2018. Verstappen também foi questionado sobre eventuais conversas de seu pai, Jos Verstappen, com a escuderia de Maranello, mas não quis responder.
Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
"Não vou falar sobre o que acontece. Tenho um contrato com a Red Bull, logo todo mundo saberá", afirmou, misterioso.
 
Além de Marko, outro a falar sobre a inexistência da possibilidade de permitir que Verstappen deixe a equipe foi o chefe Christian Horner. Se, no que diz respeito a Carlos Sainz Jr., uma oferta seria ouvida, com Verstappen é diferente.
 
"Tem um compromisso longo com a Red Bull e não vamos abrir mão dele a preço algum", decretou.
 
Vencedor de uma corrida na F1 até agora, Verstappen não vive um bom ano. Com muito azar alheio às suas habilidades, Max tem 57 pontos e ocupa o sexto lugar do Mundial de Pilotos. O companheiro, Daniel Ricciardo, tem 60 pontos a mais, um total de 117.

MORBIDELLI VÊ ROSSI COMO INSPIRAÇÃO E DIZ QUE CONSELHO O TORNOU MAIS AGRESSIVO NAS CORRIDAS


Últimas Notícias
segunda-feira, 17 de julho de 2017
F1
Nascar
Stock Car
Outras
MotoGP
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
domingo, 16 de julho de 2017
Turismo
Indy
Galerias de Imagens
Facebook