F1
01/02/2016 15:57

Maldonado confirma rumores, anuncia saída da Renault e diz: “Não vou estar no grid da F1 em 2016”

Pastor Maldonado anunciou o fim de sua passagem pela Renault, antiga Lotus. Em comunicado oficial, o venezuelano confirmou os boatos de sua saída e ainda garantiu que não estará em nenhum outro time da F1 em 2016
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Pastor Maldonado está mesmo fora da Renault para a temporada 2016 da F1. Nesta segunda-feira (1), o venezuelano confirmou em sua página do Twitter que não vai seguir na equipe para mais um campeonato e, mais do que isso, não estará em nenhum outro time do grid.

"Como todos sabem, nos últimos dias surgiram alguns rumores acerca do meu futuro na F1. Com toda humildade, informo a vocês que estou fora do grid da categoria em 2016. Obrigado por todas as mensagens de apoio, paixão e preocupação com meu futuro. Isso só me deixa orgulhoso", disse.
 
A confirmação de Maldonado só abre caminho para que os rumores que dão conta de Kevin Magnussen no time francês ganhem mais força. Assim, como já havia cravado a 'Autosport', o dinamarquês deve ser o parceiro de Jolyon Palmer na antiga Lotus.
Pastor Maldonado está fora da F1 em 2016 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Ainda no comunicado, o venezuelano lembra de bons momentos de sua trajetória na categoria máxima do automobilismo mundial, como o triunfo conquistado na Espanha em 2012. No fim, agradece a todos que estiveram do seu lado durante seus anos de F1.

"Agradeço a Deus, minha família, meus patrocinadores, meus amigos, meus fãs e todos que me ajudaram a viver esse sonho e representar a Venezuela na categoria máxima do automobilismo", completou.

Pastor teve uma passagem com muito mais baixos do que altos no grid. Sua maior glória foi a vitória inesperada no GP da Espanha de 2012, em Barcelona, quando era piloto da Williams, derrotando Fernando Alonso e Kimi Räikkönen.
 
Contudo, sua trajetória foi de muita polêmica e muitos envolvimentos em acidentes, sendo criticado por muitos dos seus pares na F1. Na temporada passada, por exemplo, Maldonado foi batido com enorme facilidade por Romain Grosjean, que até mesmo um pódio conquistou, no GP da Bélgica.
 
A nova dupla de pilotos da Renault, que também vai contar com Palmer, vai ser confirmada em evento promovido pela montadora na próxima quarta-feira (3), em Paris, às 9h (horário brasileiro de verão).
 
Aos 23 anos, Magnussen deve ser alçado ao posto de titular da Renault, marca pela qual teve grande destaque correndo e sendo campeão na World Series em 2013, ano que antecedeu sua ida à McLaren como parceiro de Button. Logo na primeira corrida, o GP da Austrália de 2014, Kevin foi ao pódio e garantiu o segundo lugar. Foi o melhor resultado da McLaren nos últimos dois anos.
 

Nelsão e sua irreverência de sempre. Até do outro lado do mundohttp://grandepremio.uol.com.br/outras/noticias/piquet-volta-a-vencer-na-nova-zelandia-e-entra-de-vez-na-luta-pelo-titulo-no-toyota-racing-series

Publicado por Grande Prêmio em Segunda, 1 de fevereiro de 2016
 
VEJA NA ÍNTEGRA A EDIÇÃO #14 DO PADDOCK GP



Últimas Notícias
domingo, 19 de fevereiro de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F-Inter
F1
sábado, 18 de fevereiro de 2017
F-E
F-E
F-E
F-E
F-E
F-E
F-E
Galerias de Imagens
Facebook