F1
20/12/2016 11:56

Massa assina acordo com Williams para 2017 e abdica da aposentadoria por causa de 'efeito Rosberg'

Felipe Massa levou apenas poucos dias para decidir largar mão da aposentadoria e aceitar a proposta feita pela Williams para ocupar o lugar de Valtteri Bottas em 2017, pode confirmar o GRANDE PRÊMIO. O finlandês é o nome mais cotado para assumir o cockpit deixado por Nico Rosberg na Mercedes
Warm Up
VICTOR MARTINS, de São Paulo
 

Felipe Massa é o 'novo' piloto da Williams para 2017. O GRANDE PRÊMIO pode confirmar que o brasileiro assinou o contrato na segunda-feira, 19 de dezembro, e vai voltar à casa que deixou há pouco menos de um mês na condição de aposentado.
 
O retorno de Massa à F1, um dos mais espantosos da história, se dá única e exclusivamente por conta da aposentadoria de Nico Rosberg, o recém-campeão que também resolveu que a categoria — e o automobilismo — não lhe eram mais suficientes.

Entende-se que Massa tenha imposto uma cláusula no acordo: a que invalida seu retorno caso Valtteri Bottas não seja escolhido pela Mercedes como o substituto de Rosberg. O valor é aquele que o GRANDE PRÊMIO divulgou dias atrás: € 6 milhões, ou R$ 21 milhões convertidos.
Felipe Massa recebe abraço de Claire Williams no último GP da vida na F1 (Foto: Williams)

A Williams precisava ir ao mercado buscar um piloto experiente por uma série de razões. Uma delas, o patrocínio-máster da Martini. O GP apurou que a marca de bebida alcoólica não pode fazer propaganda com 'atores' abaixo dos 25 anos de idade, algo que é proibido pela legislação de vários países - inclusive no Reino Unido. Portanto ter Lance Stroll, 18, ao lado de outro novato significaria que a principal mecenas da equipe não poderia usar qualquer um dos dois pilotos para fins de publicidade e imagem.
 
Massa estava viajando com a família em férias, mas o período sabático da F1 foi curtíssimo. O anúncio deve ser feito assim que a Mercedes confirmar Bottas.
TONY KANAAN COMO VOCÊ NUNCA VIU: ASSISTA AGORA
O 'efeito Rosberg'

A equipe alemã, por sua vez, foi pega de surpresa pela decisão de Rosberg e teve de correr contra o tempo para definir quem será o piloto que vai dividir os boxes com o tricampeão Lewis Hamilton. Inicialmente, a esquadra chefiada por Toto Wolff foi atrás de Nico Hülkenberg. Mas a Renault negou qualquer possibilidade de liberar o piloto, que havia acabado de tirar da Force India. 
 
Mas os atuais campeões também pensaram alto e não deixaram de considerar Fernando Alonso, apesar de uma gorda e consequente multa rescisória. O espanhol, entretanto, tratou logo de colocar fim aos rumores, dizendo que seu plano é mesmo seguir com a McLaren, na tentativa de buscar o tricampeonato.  Os jovens Esteban Ocon - membro do programa da Mercedes, incluisve, e Carlo Sainz também figuraram nos sonhos dos alemães, mas nada disso foi para frente.

Havia as opções do própria Massa e do aposentado Jenson Button. Também não houve evolução. Sobraram, então, opções mais óbvias. E a primeira delas é Pascal Wehrlein - igualmente no programa de jovens pilotos da montadora e reserva do time. Só que Pascal não detém a fé de seus chefes, que foram atrás de alguém mais experiente: Bottas.

Ainda que o finlandês não seja mais aquele que chegaram a dizer que seria o novo piloto da Ferrari e futuro campeão do mundo. Não é tão tímido quanto Wehrlein, mas não tem uma personalidade das mais carismáticas e cativantes. É apadrinhado por Wolff, é o atual primeiro piloto da Williams e é a opção principal da Mercedes. E deve ajudar a manter a paz no trato com Hamilton, algo que a cúpula da equipe prateada também deseja, após três temporadas de intensa rivalidade entre o inglês e o alemão.

A Mercedes, por enquanto, segue calada. A esquadra já disse não pretende fazer nenhum anúncio neste fim de ano.  E prometeu que, qualquer novidade, só virá a tona depois do dia 3 de janeiro, quando retorna ao trabalho.

GRANDE PRÊMIO MELHORES DO ANO 2016

A votação vai até o dia 22 de dezembro, e os vencedores serão anunciados em matérias especiais no GP. Participe da eleição dos Melhores do Ano.
 
 


Últimas Notícias
domingo, 26 de março de 2017
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
Outras
MotoGP
MotoGP
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook