F1
22/10/2017 06:00

Massa já vê Hamilton como um dos melhores da história da F1 e garante: “Ele está lá com Senna e Schumacher”

Felipe Massa sempre enxergou em um Lewis Hamilton um grande piloto e foi contra o inglês que o brasileiro precisou disputar o título em 2008. Apesar da derrota, Felipe sempre mostrou respeito e hoje acha que o britânico da Mercedes já está entre os melhores da história da F1
Warm Up, DO CIRCUITO DAS AMÉRICAS
EVELYN GUIMARÃES, do Circuito das Américas

Lewis Hamilton está muito próximo de conquistar seu quarto título mundial na F1, algo que vai colocá-lo em pé de igualdade com Alain Prost e Sebastian Vettel. Não satisfeito, o inglês ainda vem quebrando recordes nas últimas temporadas e se prepara para mais um triunfo. Também é o piloto que mais vezes largou da primeira fila, é o dono da marca absoluta de poles e o segundo maior vencedor da história. Por isso, a cada dia, Lewis escreve seu nome como um dos principais atletas do esporte a motor. E Felipe Massa, que já esteve na posição de brigar com o britânico por título, já vê o rival como um piloto próximo das lendas do Mundial. 
 
Ao ser questionado sobre o papel de Hamilton na F1 e as conquistas recentes, Massa não hesitou. Para o brasileiro da Williams, Lewis está no mesmo patamar do heptacampeão Michael Schumacher e do tricampeão Ayrton Senna. Felipe entende que o #44 sempre impressionou, e isso muito antes de chegar à principal categoria do automobilismo.
 
“Definitivamente, Lewis é um dos grandes pilotos da história da F1”, afirmou Felipe aos jornalistas em Austin, em uma coletiva acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO
Lewis Hamilton já está entre os grandes, diz Massa (Foto: AFP)

“Você simplesmente não pode deixá-lo de lado ou de colocá-lo no mesmo nível de Michael Schumacher e Ayrton Senna. Ele realmente está lá como eles. Já está. Olha, toda a vez que vi Lewis no carro, foi impressionante e continua sendo. E isso em todas as categorias. Quer dizer, foi a mesma coisa com Senna e com Schumacher”, completou.
 
O brasileiro usa exemplos do futebol para justificar a opinião, dizendo que, apesar do encantamento que se costuma ter com os ídolos de décadas passadas, também é possível admirar os talentos mais contemporâneos. “Muitas vezes é errado o que as pessoas fazem, sempre achando que tudo que existia no passado era melhor. Isso não é verdade. Podemos achar Messi ou Cristiano Ronaldo tão bons quanto Maradona”, emendou.
 
A verdade é que Hamilton aproveitou os reveses sofrido pelo rival Vettel e abriu 59 pontos na liderança do campeonato, guinado o fino. Por isso, tem a chance neste fim de semana, em Austin, de fechar o Mundial. Basta vencer e torcer para Sebastian ser sexto ou pior. Lewis larga da pole neste domingo.
 
A largada para o GP dos Estados Unidos está marcada para as 17h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO cobre a etapa texana da F1 ‘in loco’ e AO VIVO e em TEMPO REAL.
RITMO DE FESTA

PADDOCK GP CHEGA À EDIÇÃO 100 COM HISTÓRIAS IMPERDÍVEIS DE EDGARD MELLO FILHO
 

Últimas Notícias
quarta-feira, 22 de novembro de 2017
Stock Car
MotoGP
Indy
F1
F1
MotoGP
F1
Copa Grande Prêmio
F1
Endurance
Outras
Outras
Stock Car
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook