F1
23/10/2013 22:30

Massa substitui Maldonado e garante permanência na F1 na Williams a partir da temporada 2014

Felipe Massa vai continuar na F1 no ano que vem. O jornalista Américo Teixeira Jr., do 'Diário Motorsport' e colunista da REVISTA WARM UP, cravou na noite desta quarta-feira o acordo com a Williams, válido por cinco anos
Warm Up
AMÉRICO TEIXEIRA JR., de Vinhedo
 
Siga o GRANDE PRÊMIO                     Curta o GRANDE PRÊMIO

Felipe Massa será piloto da Williams de F1 a partir de 2014. O acordo será divulgado nas próximos dias – ou horas –, e o Diário Motorsport pode afirmar que o contrato é de cinco anos – ou seja, vai até 2018.

O brasileiro vai receber salários, estando descartada a necessidade de levar recursos para a equipe inglesa. O vice-campeão mundial de 2008 correrá no lugar do venezuelano Pastor Maldonado, que deixará o time inglês ao cabo da atual temporada. A informação do acordo de Massa com a Williams está no Diário Motorsport.
 
Sem precisar levar patrocinadores, Massa se garante na Williams (Foto: Getty Images)
Massa deixa a Ferrari após oito temporadas. Seu contrato não foi renovado para o ano que vem, e Felipe será substituído pelo finlandês Kimi Räikkönen. Seus primeiros contatos após a ciência de que não continuaria em Maranello se deram com a Lotus e com a McLaren. Na primeira equipe, disputava a vaga com o favorito Nico Hülkenberg – ainda não anunciado; na outra, dependeria da saída de Sergio Pérez. O nome do piloto também foi ventilado na Force India.

Novamente, o brasileiro vive um campeonato irregular, em que não consegue acompanhar o desempenho do colega de equipe, Fernando Alonso, atualmente vice-líder do Mundial.  O paulista de 32 anos ocupa a sétima posição no Mundial de Pilotos, com 90 pontos e apenas um pódio, conquistado no GP da Espanha, em maio, prova vencida pelo colega espanhol. A diferença para o bicampeão na tabela de classificação é de 117 pontos.

Felipe também não vence uma corrida desde o GP do Brasil de 2008, quando terminou o campeonato na segunda colocação, perdendo o título na etapa final, em Interlagos, para Lewis Hamilton.
 

A Williams tem sido constante casa dos brasileiros nos últimos anos. Rubens Barrichello fez lá suas últimas duas temporadas na F1, em 2010 e 2011. Seu lugar acabou sendo ocupado por Bruno Senna, que só ficou na escuderia por um ano. 

O jornalista Américo Teixeira Jr. é assessor de imprensa, parceiro do GRANDE PRÊMIO e colunista da REVISTA WARM UP.

O observador

Se não foi dos pilotos mais exuberantes ou rápidos nas pistas da F1, Taki Inoue é uma das figuras top nas redes sociais, sobretudo no Twitter. Após a publicação da notícia que coloca Massa na Williams, o japonês observou que há poucas horas o brasileiro passou a seguir a equipe na rede social.

Últimas Notícias
quinta-feira, 18 de dezembro de 2014
F1
F1
F1
Brasileiro de Marcas
F1
F1
F1
F1
F1
F1
quarta-feira, 17 de dezembro de 2014
Endurance
Rali
Stock Car
F1
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook