F1
10/01/2017 15:22

Mercedes confirma saída de diretor-técnico Lowe, que se aproxima de acordo com Williams para temporada 2017

Paddy Lowe, uma das peças mais importantes do sucesso da Mercedes na F1, deu seu adeus. A equipe alemã confirmou a já especulada saída de Lowe, que ocupava a função de diretor-técnico. Agora o dirigente parece próximo de um acerto com a Williams
Warm Up
VITOR FAZIO, de Porto Alegre
 
A relação de sucesso entre Mercedes e Paddy Lowe chegou oficialmente ao fim nesta terça-feira (10). Através de comunicado, a equipe alemã confirmou a já especulada saída de Lowe, que ocupava o cargo de diretor-técnico. A decisão é importante para os rumos da temporada 2017: agora sem vínculo com os prateados, parece questão de tempo para que Paddy seja anunciado como novo funcionário da Williams.
 
A decisão é um golpe duro na Mercedes, que perde uma chave importante na construção de seu domínio na F1. Os três títulos seguidos no Campeonato de Construtores tem a marca de Lowe. Recentemente a equipe também perdeu Nico Rosberg, aposentado de maneira surpreendente.
 
Não por acaso, a cúpula da Mercedes lamenta a saída de Lowe. “Paddy foi uma peça importante para o nosso sucesso e agradecemos muito pela contribuição nesse capítulo importante da história da Mercedes no automobilismo”, disse Toto Wolff, chefe da equipe. “Sucesso na F1 não tem a ver com indivíduos, e sim com a força e o conhecimento técnico de toda uma organização. Temos o talento necessário para seguir nosso sucesso recente e queremos crescer a partir disso em 2017”, seguiu.
Paddy Lowe (Foto: Mercedes)
Lowe, por sua vez, exaltou o sucesso na equipe prateada. “Tive três anos e meio de sucesso fantástico na Mercedes, trabalhando com uma equipe de pessoas incríveis. Agora estou pensando em um novo desafio e desejando o melhor para todos na Mercedes”, falou.

A Mercedes aproveitou o anúncio para confirmar o funcionamento da equipe ao curto prazo. Aldo Costa, Mark Ellis, Rob Thomas e Geoff Willis seguem coordenando a área técnica, mas com o cargo de diretor-técnico ainda vago. Este, aliás, deve ser ocupado pelo ex-Ferrari James Allison, de acordo com a BBC.
 
Na Williams, Lowe deve ocupar um cargo ainda mais importante: o dirigente é especulado como novo chefe de equipe dos britânicos, que passam por reformulação às vésperas do início da temporada 2017.


Últimas Notícias
sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
F1
Kart
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook