F1
15/03/2017 06:41

Mercedes retira mensagem de apoio a Schumacher, mas fala em ações em conjunto com família no futuro

A hashtag #KeepFightingMichael, presente nos carros da Mercedes desde 2014, não aparece no novo W08 EQ Power+. A equipe foi a última pela qual correu Michael Schumacher, entre 2010 e 2012. Mas a escuderia disse que a mensagem será usada no futuro de outras formas, em projetos em conjunto com a família do heptacampeão
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 

A Mercedes foi a última equipe pela qual Michael Schumacher correu. Entre 2010 e 2012, o heptacampeão acelerou os carros prateados até encerrar de vez sua carreira na F1. Pouco mais de um ano depois, o ex-piloto sofreu o gravíssimo acidente na estação de esqui de Méribel, nos Alpes Franceses, e desde então luta pela vida. A partir de 2014, a Mercedes estampou nos seus carros a mensagem #KeepFightingMichael (continue lutando, Michael) para desejar melhoras ao lendário alemão. 
 
Contudo, a hashtag não aparece no novo W08 EQ Power+, carro com o qual a escuderia vai disputar a temporada 2017 da F1 com Lewis Hamilton, piloto que substituiu Schumacher na Mercedes, e Valtteri Bottas.
 
Procurada pelo diário alemão ‘Bild’, a assessoria de imprensa da Mercedes justificou a retirada da mensagem nos carros prateados, mas garantiu que continua dando apoio a Schumacher e sua família, mas de outra forma. 
A mensagem de apoio a Schumacher já não é mais vista no novo W08 (Foto: Mercedes)
“Nós a retiramos para podermos utilizar a mensagem no futuro. Agora, ‘Keep Fighting’ é uma iniciativa fundada ao fim de 2016 para incentivar as pessoas segundo o lendário espírito lutador de Michael”, afirmou a equipe, que promete ações em conjunto com a família do heptacampeão do mundo. 
 
“A Mercedes e a família de Michael Schumacher vão trabalhar juntas em uma série de ações em comum e que serão comunicadas no seu devido tempo”, completou.
 
Dentre os 307 GPs disputados na carreira, Schumacher correu 58 deles pela Mercedes. Pela escuderia anglo-alemã, Michael teve como melhor resultado o terceiro lugar no GP da Europa, em Valência, no seu último ano de carreira na F1, em 2012.

PADDOCK GP #69 DEBATE ABERTURA DA INDY, TESTES DA F1 E MOTOGP E LEMBRA JOHN SURTEES



Últimas Notícias
sexta-feira, 17 de novembro de 2017
F1
Nascar
Brasileiro de Marcas
Brasileiro de Turismo
F1
Rali
F1
World Series
Stock Car
Endurance
World Series
World Series
Stock Car
World Series
F1
Galerias de Imagens
Facebook