F1
15/03/2017 06:41

Mercedes retira mensagem de apoio a Schumacher, mas fala em ações em conjunto com família no futuro

A hashtag #KeepFightingMichael, presente nos carros da Mercedes desde 2014, não aparece no novo W08 EQ Power+. A equipe foi a última pela qual correu Michael Schumacher, entre 2010 e 2012. Mas a escuderia disse que a mensagem será usada no futuro de outras formas, em projetos em conjunto com a família do heptacampeão
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 

A Mercedes foi a última equipe pela qual Michael Schumacher correu. Entre 2010 e 2012, o heptacampeão acelerou os carros prateados até encerrar de vez sua carreira na F1. Pouco mais de um ano depois, o ex-piloto sofreu o gravíssimo acidente na estação de esqui de Méribel, nos Alpes Franceses, e desde então luta pela vida. A partir de 2014, a Mercedes estampou nos seus carros a mensagem #KeepFightingMichael (continue lutando, Michael) para desejar melhoras ao lendário alemão. 
 
Contudo, a hashtag não aparece no novo W08 EQ Power+, carro com o qual a escuderia vai disputar a temporada 2017 da F1 com Lewis Hamilton, piloto que substituiu Schumacher na Mercedes, e Valtteri Bottas.
 
Procurada pelo diário alemão ‘Bild’, a assessoria de imprensa da Mercedes justificou a retirada da mensagem nos carros prateados, mas garantiu que continua dando apoio a Schumacher e sua família, mas de outra forma. 
A mensagem de apoio a Schumacher já não é mais vista no novo W08 (Foto: Mercedes)
“Nós a retiramos para podermos utilizar a mensagem no futuro. Agora, ‘Keep Fighting’ é uma iniciativa fundada ao fim de 2016 para incentivar as pessoas segundo o lendário espírito lutador de Michael”, afirmou a equipe, que promete ações em conjunto com a família do heptacampeão do mundo. 
 
“A Mercedes e a família de Michael Schumacher vão trabalhar juntas em uma série de ações em comum e que serão comunicadas no seu devido tempo”, completou.
 
Dentre os 307 GPs disputados na carreira, Schumacher correu 58 deles pela Mercedes. Pela escuderia anglo-alemã, Michael teve como melhor resultado o terceiro lugar no GP da Europa, em Valência, no seu último ano de carreira na F1, em 2012.

PADDOCK GP #69 DEBATE ABERTURA DA INDY, TESTES DA F1 E MOTOGP E LEMBRA JOHN SURTEES



Últimas Notícias
terça-feira, 19 de setembro de 2017
Kart
F-E
F-E
MotoGP
F-E
F1
F1
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
F1
Warm Up
F1
Galerias de Imagens
Facebook