F1
07/03/2017 15:15

Muito satisfeito, Massa se empolga com tocada e novo carro da Williams: “Não preciso guiar como uma vovó”

Felipe Massa teve um grande dia em Barcelona. Liderando a tabela de tempos e dando nada menos que 168 voltas, o brasileiro se empolgou com o desempenho do novo carro da Williams, ainda que não tenha falado em que patamar o time está em termos de performance
Warm Up, de Barcelona
THIAGO ARANTES, de Barcelona

Foi um dia praticamente perfeito para Felipe Massa. A terça-feira (7) do brasileiro em Barcelona acabou com 168 voltas completadas (o equivalente a 2,5 GPs), o melhor tempo do dia e uma sensação de que a temporada da F1 reserva bons momentos para o piloto brasileiro da Williams.
 
Ninguém andou tanto quanto Massa. Nem tão rápido. Possivelmente, também, não havia no paddock um piloto tão feliz – nem tão solicitado. Os 10 minutos de entrevista estenderam-se por quase o dobro, em três idiomas: inglês, italiano e português.
 
“Sem dúvida foi um dia positivo. Fico muito feliz por fazer 168 voltas, e poderia ter sido ainda mais se não fosse a bandeira vermelha. Chegar aqui depois de ter perdido dois dias [devido aos acidentes de Lance Stroll na semana passada], fazer 168 voltas, testar tudo o que poderíamos testar, corrida à tarde, acertos... Estou muito satisfeito”, comemorou em entrevista acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO.
 
Diante do melhor tempo do dia – superando as favoritas Mercedes, Ferrari e Red Bull – e da confiabilidade de quem bateu o recorde de voltas em um único dia nesta pré-temporada, uma pergunta já começa a surgir: até onde pode chegar a Williams? Por enquanto, o discurso do brasileiro é cauteloso.
Felipe Massa liderou o dia em Barcelona (Foto: Divulgação)

“Acho que ninguém consegue fazer isso nesse momento. Vamos conseguir fazer na classificação da Austrália. Parece uma desculpa, mas é a realidade: enquanto não estiver todo mundo andando com o melhor em cima do carro, é impossível saber onde está. Mas posso dizer que foi um dia muito positivo e as pessoas na equipe estão com uma cara bem mais alegre do que na semana passada”, afirmou Massa.
 
Para falar sobre os novos carros, o brasileiro foi mais assertivo e reconheceu que os novos modelos têm mais a ver com seu estilo de pilotagem que a geração anterior.
 
“Sem dúvidas eu prefiro muito mais o jeito de guiar deste carro do que o do ano passado, quando a única volta em que você dava o máximo era na classificação, isso se o pneu não acabasse no final... Agora você dá o seu máximo muitas vezes, durante muitas voltas, durante a corrida também... não precisa guiar igual uma vovó, como nas corridas do ano passado”, brincou.
 
Massa retoma as atividades na quarta-feira pela manhã. À tarde, o novato Lance Stroll assume o volante da Williams. A ideia da equipe – se não houver nenhum problema como na semana passada – é que os pilotos se revezem também na quinta-feira. Na sexta, Stroll teria todo o dia para trabalhar.

O GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ a segunda sessão de pré-temporada em Barcelona com o repórter Thiago Arantes e o fotógrafo Arnau Puig. Acompanhe AO VIVO e em TEMPO REAL.
 
PADDOCK GP #67 RECEBE OZZ NEGRI E DEBATE TESTES DA F1 EM BARCELONA



Últimas Notícias
sábado, 18 de novembro de 2017
Endurance
Brasileiro de Turismo
F3
Motociclismo
F1
Stock Car
MotoGP
Rali
Motociclismo
World Series
Stock Car
MotoGP
Superbike
F3
Turismo
Galerias de Imagens
Facebook