F1
30/06/2016 16:27

Negociando para 2017, Massa fala em fazer própria escolha e descarta pressões externas para ficar na F1

Felipe Massa revelou que já deu início às negociações para a temporada 2017 da F1 e reiterou que quer tomar as próprias decisões, sem influências externas. O brasileiro também deixou claro que não quer permanecer no Mundial apenas para participar. “Quero fazer um trabalho importante e ser competitivo”, disse
Warm Up
Redação GP, de Curitiba

A F1 já vive aquela fase em que o paddock é inundado com rumores sobre o futuro dos pilotos para a próxima temporada. E um dos competidores que vem também sendo alvo de especulações é Felipe Massa. O brasileiro tem contrato com a Williams até o fim desta temporada e revelou, uma vez mais, que as conversas para o ano que vem já tiveram início, mas que está determinado a tomar suas próprias decisões sobre o próximo acordo que vai assinar na F1. 
 
O nome de Felipe esteve ligado à Renault e também a uma eventual saída da Williams, para dar lugar a Jenson Button. O piloto de 35 anos, porém, quer decidir por si próprio aonde vai correr em 2017 e não apenas por uma equipe ou por influências externas. "Nada será feito por mim. Eu vou escolher o que quero", disse Massa aos jornalistas, nesta quinta-feira (30), na Áustria, onde a F1 realiza a nona etapa do campeonato.
 
"O tempo será a resposta certa. Eu estou completamente relaxado e apenas pensando no meu trabalho de guiar. Honestamente, não sei o que vai acontecer, mas as coisas podem acontecer na direção certa. Eu vou decidir o que quero fazer", reiterou o dono do FW38 #19.
Felipe Massa quer fazer seu próprio caminho (Foto: Getty Images)

Novamente, Felipe deixou claro que deseja, sim, permanecer na F1 no próximo ano e de forma competitiva, ao invés de ficar "apenas para participar". "Eu acredito que vou ficar em uma equipe em que tenha um importante trabalho a ser feito", afirmou o brasileiro.
 
"Não estou aqui apenas para participar. Estou aqui para correr, para tentar ser o mais competitivo possível, e é nisso que confio. Já iniciamos as negociações, mas o tempo vai trazer a resposta certa. Vamos ver", acrescentou.
 
Massa se juntou à Williams em 2014, depois de oito anos na Ferrari, onde obteve o vice-campeonato em 2008 - seu melhor resultado na carreira até aqui. Pela equipe de Grove, Felipe já foi ao pódio cinco vezes e tem ainda uma pole, conquistada na Áustria.

O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo do GP da Áustria, nono do Mundial 2016 da F1, em tempo real. Siga também nossa página no Facebook para ter conteúdo em primeira-mão e exclusivo.
 
PADDOCK GP #35 DEBATE MOTOGP, STOCK CAR E FAZ PRÉVIA DA F1 E FINAL DA F-E


Últimas Notícias
segunda-feira, 27 de março de 2017
F1
MotoGP
Endurance
F1
MotoGP
F-E
MotoGP
Nascar
MotoGP
F1
F1
MotoGP
MotoGP
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook