F1
31/12/2016 11:31

Novo diretor da McLaren afasta ideia de venda da equipe e afirma que meta é conquistar títulos “até o fim desta década”

O novo diretor-executivo da McLaren, Zak Brown, não foi muito adiante com a ideia de que a tradicional equipe queira reorganizar sua imagem para conseguir um comprador. O que ele garante que tem como meta é voltar a vencer campeonatos nos próximos três anos
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro
 

O novo diretor-executivo da McLaren, Zak Brown, tem sido fuzilado com perguntas sobre o futuro econômico da equipe de Woking desde que foi anunciado no novo cargo. E, como nunca escondeu de ninguém, tem seus objetivos financeiros - como conseguir um patrocinador-máster, por exemplo -, mas todas as metas são em prol da maior: voltar ao topo da F1. Algo que ele acredita que a equipe pode fazer nos próximos três anos.
 
Em entrevista concedida à revista inglesa 'Financial Times', publicação voltada para o mundo das finanças, Brown foi questionado sobre se sua meta na McLaren é melhorar o perfil comercial da companhia - algo em que é visto como especialista - para uma futura venda. Brown não foi fundo, mas desencorajou a possibilidade.
 
"Isso é com os acionistas", falou. "Eu não estaria surpreso de estar usando um uniforme da McLaren durante um GP daqui a dez anos", afirmou. Sua meta, ele garante, é voltar a vencer campeonatos "até o final desta década". Ou seja, nas próximas três temporadas, até 2019.
Zak Brown é o novo diretor-executivo do Grupo McLaren (Foto: McLaren)
Sobre os problemas que envolvem a saída de Ron Dennis e o rebaixamento dos nomes recrutados pelo ex-presidente, como Ekren Sami e Jost Capito, Brown não negou o óbvio problema, mas se distanciou do que está acontecendo.
 
"Não precisa ser um cientista para chegar a essa conclusão [de que há um problema]. Eu deliberadamente mantive meu espaço e sei que tudo os acionistas querem é um título mundial", encerrou.
 
A primeira temporada de Brown no comando executivo da McLaren verá Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne nos volantes do time. O que o novo diretor gostaria da F1 é que aproximasse seus eventos do que é feito no Super Bowl

Últimas Notícias
segunda-feira, 29 de maio de 2017
Indy
Nascar
F1
F1
Nascar
MotoGP
Nascar
F1
Indy
F1
Truck
F1
F1
domingo, 28 de maio de 2017
Nascar
Indy
Galerias de Imagens
Facebook