F1
20/12/2013 16:29

Novo diretor-técnico da Ferrari destaca construção de chassi e motor próprio: “É uma boa vantagem”

Oriundo da Lotus, James Allison apontou importância de construir novos propulsores turbo V6 em conjunto com novo carro: “Outras equipes não podem fazer o mesmo e, no próximo ano, como nunca antes, a instalação será uma operação complexa”, afirmou o britânico
Warm Up
Redação GP, de Guarulhos
 
James Allison, novo diretor-técnico da Ferrari, aponta a independência da equipe na fabricação do novo motor turbo V6 e do novo chassi como fator determinante para que o time tenha vantagem sobre seus rivais na temporada 2014 da F1.
 
Oriundo da Lotus, o britânico vê como trunfo a sincronia na construção de motor e carro em um momento no qual todas as escuderias se preparam para a implantação de um sistema completamente novo de propulsores, turbocompressores e Kers.
James Allison conversa com Fernando Alonso na sede da Ferrari (Foto: Ferrari)
"Ser capaz de construir o motor e os chassis em conjunto é, definitivamente, uma boa vantagem para a Ferrari", afirmou Allison nesta sexta-feira (20), durante coletiva da Ferrari. "Outras equipes não podem fazer o mesmo e, no próximo ano, como nunca antes, a instalação do novo motor no chassi do carro será uma operação complexa."
 
"Tenho experiência direta de minha época na Lotus: é verdade que o fornecedor de motores tenta atender às suas demandas, mas nunca será a mesma coisa do que acontece aqui, onde há uma cultura histórica relacionada a uma tarefa comum de definição, de desenvolver o desenho do carro novo", encerou o novo diretor-técnico do time italiano.
 
Últimas Notícias
sábado, 25 de outubro de 2014
Outras
Rali
MotoGP
Turismo
F1
MotoGP
Seletiva BR
F1
F1
F1
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook