F1
01/01/2017 09:54

Ocon se diz feliz por chance na Force India em 2017, mas já admite pressão e cobrança por resultados

Esteban Ocon não escondeu a felicidade pela chance de defender a Force India na F1 em 2017, mas também admitiu que a oportunidade também trouxe uma incômoda pressão e cobrança por resultados. O jovem francês fez a estreia na F1 no ano passado, andando pela Manor
Warm Up
Redação GP, de Leipzig
 

Esteban Ocon ganhou a grande chance na F1 ao ser chamado para o lugar de Rio Haryanto na Manor, abrindo a metade da temporada. O desempenho do francês impressionou e lhe garantiu um salto importante para 2017, quando vai defender a Force India ao lado de Sergio Pérez. Apesar de se sentir feliz com a oportunidade, Ocon não escondeu também que o contrato com os indianos trouxe a incômoda pressão por resultados e a cobrança por atender às expectativas da equipe.
 
"É ótimo que eles tenham me escolhido, mas isso também traz uma pressão enorme", afirmou o piloto em entrevista ao site 'F1i''. "Eles esperam que eu apresente um grande trabalho. Por isso, agora tenho de trabalhar muito duro para cumprir essa tarefa. E ainda muito trabalho a ser feito", completou.
Esteban Ocon estreou pela Manor, mas vai defender a Force India em 2017 (Foto: Manor)

Entende-se que um dos fatores que influenciaram na contratação de Ocon pela Force India foi a performance do jovem durante os testes coletivos realizados na Áustria em 2015. Para Esteban, aquela foi uma grande oportunidade e serviu para mostrar ao time que merecia uma chance.
 
"O teste ajudou muito. Acho que, se não tivesse participado, eles nunca teriam me notado. O teste foi uma coincidência de início, mas, no fim, valeu muito a pena. Fui o segundo colocado naquele dia e lembro que foi um dos melhores testes que já fiz", encerrou.

Últimas Notícias
domingo, 28 de maio de 2017
Indy
Indy
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Superbike
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook