F1
16/03/2016 07:42

Otimista, Ricciardo prevê Red Bull na briga contra Mercedes a partir do segundo semestre de 2016

Daniel Ricciardo espera que a Red Bull avance significativamente a partir da segunda metade da temporada 2016 a ponto de colocar os taurinos em condição de poder lutar com a dominante Mercedes por vitórias. Contudo, ao falar sobre título, o australiano foi claro ao avisar que, no momento, esta é uma meta irreal para sua equipe
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
Depois de um ano inteiro de jejum de vitórias, algo que não acontecia desde 2008, a Red Bull abre a temporada 2016 sonhando em voltar ao topo do pódio da F1. É o que diz Daniel Ricciardo. Em casa para a disputa do GP da Austrália, o piloto do carro #3 foi além e demonstrou fé e confiança no trabalho do time de Milton Keynes e espera um avanço tão significativo para o segundo semestre a ponto de até considerar a chance de brigar com a Mercedes a partir da metade final do campeonato.
 
Contudo, no que diz respeito à luta pelo título, Ricciardo acredita que a Red Bull não terá chances de fazê-lo neste ano. O time taurino dominou o esporte entre 2010 e 2013, conquistando quatro títulos do Mundial de Pilotos, todos com Sebastian Vettel, e outros quatro de Construtores.
 
“Neste ano, para ser sincero, é irreal pensar em título. Adoraria falar que isso é algo realista, mas o fato é que a Mercedes, em circunstâncias normais, provavelmente vai vencer a maioria das corridas. Ao menos nas primeiras corridas, não podemos chegar lá, ao menos que peguemos alguma chuva. Depois de cinco, seis corridas, o título já vai estar fora de alcance”, declarou o piloto durante um evento promovido pela Red Bull nesta quarta-feira em Melbourne, palco do GP da Austrália.
Durante evento em Melbourne, Daniel Ricciardo falou sobre as perspectivas da Red Bull para 2016 (Foto: Getty Images)
“Mas a partir do segundo semestre, nós devemos chegar bem mais perto. No ano passado, nós demos um grande passo no segundo semestre, e acho que agora nós estamos onde terminamos no ano passado. Se dermos outro passo em frente no verão europeu, espero que nós possamos brigar com a Mercedes”, falou o sorridente piloto.
 
Ricciardo foi um dos dois únicos pilotos capazes de quebrar a hegemonia da Mercedes desde a adoção da nova ‘Era Turbo’ com os motores híbridos V6 de 1,6 L, em vigor desde 2014. Neste ano, o australiano venceu três provas e foi um dos destaques do campeonato. Agora, Daniel deixou claro que a meta do time tetracampeão é voltar a triunfar na F1.
 
“O ideal para este ano é voltarmos ao rol dos vencedores e vencer ao menos uma prova. Os pódios são o começo. E se eu pudesse escolher qualquer pódio, seria este aqui em Melbourne. Estou definitivamente preparado se surgir qualquer oportunidade. Assim como no ano passado, precisamos aproveitar as chances. Não podemos deixar passar nada na pista”, salientou.
 
Por fim, Ricciardo minimizou a falta de vitórias no ano passado, resultado de um ano difícil para a Red Bull com a falta de potência e confiabilidade do motor Renault e avisou que tem todas as credenciais de um grande piloto do grid da F1.
 
“Acho que os pódios do ano passado, em Budapeste e Cingapura, se alguém pudesse ter esquecido, lembraram que ainda estou aqui para correr, correr forte e correr para o topo. Não vou recuar e tampouco perder qualquer chance de fazê-lo. Espero que neste ano nós possamos ter mais oportunidades de luar pelo pódio e espero em algum momento também vencer”, finalizou.
VEJA A EDIÇÃO #20 DO PADDOCK GP, QUE ABORDA F1, MOTOGP, INDY E F-E




Últimas Notícias
quinta-feira, 20 de julho de 2017
Copa Grande Prêmio
Truck
World Series
F1
F1
F1
Nascar
Stock Car
F1
F1
F1
F1
F1
F1
quarta-feira, 19 de julho de 2017
F-E
Galerias de Imagens
Facebook