F1
11/01/2017 13:55

Pirelli se antecipa e anuncia escolha de compostos de pneus para GPs do Bahrein e Rússia

Depois de definir, ainda em dezembro, os tipos de pneus que vai levar para os GPs da Austrália e da China, a Pirelli anunciou nesta quarta-feira (11) os compostos que vai embarcar para Sakhir e também para Sóchi, palco da terceira e quarta etapas da temporada, respectivamente. Os ultramacios, o pneu mais rápido da F1, vão ser usados no circuito russo
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 
Estão definidos os compostos de pneus que a Pirelli vai levar para as quatro primeiras etapas da temporada 2017 do Mundial de F1. Ainda em dezembro, a fornecedora de Milão anunciou quais tipos de pneus vai levar para as duas primeiras corridas do ano, que vão ser disputadas na Austrália e na China. Nesta quarta-feira (11), foi a vez de a fábrica italiana confirmar quais compostos serão enviados para Sakhir e Sóchi, palcos dos GPs do Bahrein e da Rússia, respectivamente.
 
Para o circuito de Sakhir, a Pirelli optou por levar a mesma escolha definida para o GP da China, duas semanas antes. A fornecedora italiana vai embarcar para o Oriente Médio os compostos médios, macios e supermacios. Segundo o regulamento, ao menos um composto de pneu médio e outro de macio deve ser usado durante a corrida, ao passo em que haverá um jogo exclusivo de pneus supermacios para utilização no Q3, a fase final do treino classificatório.
 
A escolha da Pirelli para o GP da Rússia foi mais radical, a mais macia dentre a sua gama de pneus. A fábrica de Milão vai levar para o Parque Olímpico de Sóchi os pneus macios, supermacios e ultramacios. Um jogo de ulltramacios, identificados pela cor roxa, vai ser liberado para utilização pelos pilotos no Q3, enquanto os competidores vão ter de usar pelo menos um jogo de pneus macios e supermacios na corrida.
A Pirelli definiu os compostos de pneus que vai levar para os GPs do Bahrein e da Rússia (Foto: Pirelli)
Para o GP da Austrália, o primeiro da temporada 2017, que vai acontecer entre 24 e 26 de março, a Pirelli optou por uma escolha idêntica ao da Rússia e levará para Melbourne os pneus macios, supermacios e ultramacios.
 
A fornecedora italiana trabalha duro no desenvolvimento dos novos pneus, mais largos, adaptados ao novo regulamento. Entre agosto e novembro do ano passado, a Pirelli realizou uma série de testes com as equipes Mercedes, Ferrari e Red Bull, que contaram com carros de 2015 adaptados para simular níveis de downforce semelhantes ao novo regulamento, que entra em vigor neste ano.
 
A expectativa é que a configuração dos novos compostos ofereça aos pilotos maior nível de aderência e aceleração, sobretudo nas curvas. Nesta quarta-feira, a Pirelli revelou que os novos pneus devem apresentar um desgaste mais baixo, porém com uma tendência a um resfriamento mais rápido
 
As primeiras impressões a Pirelli e do mundo da F1 como um todo em relação ao desempenho dos novos pneus com os carros prontos para o novo regulamento técnico vão começar a ser conhecidas a partir de 27 de fevereiro, quando começam os testes de pré-temporada em Barcelona, na Espanha.
 

Últimas Notícias
domingo, 26 de fevereiro de 2017
Nascar
F1
F1
F1
Nascar
MotoGP
F1
F1
F1
F1
Rali
F1
Superbike
MotoGP
sábado, 25 de fevereiro de 2017
F1
Galerias de Imagens
Facebook