F1
15/12/2016 10:59

Por meio de porta-voz, Mercedes informa que anúncio sobre substituto de Rosberg vai ser feito somente em 2017

Por meio de uma declaração de seu porta-voz, a Mercedes informou nesta quinta-feira (15) que só fará um anúncio sobre o substituto de Nico Rosberg no próximo ano. O alemão, campeão do mundo em 2016, decidiu deixar a F1
Warm Up
Redação GP, de Leipzig
 

A Mercedes decidiu adiar ainda mais o mistério sobre quem vai substituir Nico Rosberg na temporada 2017 da F1. Por meio de uma declaração de um porta-voz nesta quinta-feira (15), a equipe alemã informou que nenhum anúncio será feito até o próximo ano, quando retoma os trabalhos para o Mundial. 
 
"Nós não faremos nenhum anúncio até o próximo ano e nada está planejado entre o período entre agora e o nosso retorno ao trabalho em 3 de janeiro", afirmou o time prata, por meio de um assessor, em poucas palavras.
Nico Rosberg chocou a F1 com a aposentadoria e criou um problema para a Mercedes (Foto: AFP)

A esquadra chefiada por Toto Wolff vem atraindo todo o foco deste período pós-temporada devido à aposentadoria precoce de Rosberg. O alemão anunciou, apenas cindo dias depois de conquistar o título mundial de 2016, a decisão de deixar as pistas, chocando o mundo do esporte e abrindo mãos de uma das vagas mais cobiçadas do grid. Assim, o time prateado passou a correr contra o tempo para encontrar um nome para formar dupla com Lewis Hamilton a partir do campeonato do ano que vem, quando a F1 terá novas regras técnicas.

A verdade é que a escuderia tricampeã do mundo foi pega de surpresa com a opção de Rosberg e agora vem analisando o mercado de pilotos de forma cuidadosa. Embora não negue o desejo de ver um nome de peso em suas garagens - Fernando Alonso e Sebastian Vettel chegaram a ser ventilados -, a equipe vem tentando persuadir a Williams a liberar Valtteri Bottas.

Entende-se que o finlandês é o piloto favorito dos prateados neste momento - ainda nesta quinta, o jornal francês 'L'Équipe' revelou que a equipe de Grove já pediu a Felipe Massa para reconsiderar a aposentadoria. A ideia é que o brasileiro volte e assuma o posto do nórdico, que estaria de malas prontas para a Mercedes. Além de Bottas, a equipe prata também tem a opção de promover seu pupilo Pascal Wehrlein ou até mesmo o francês Esteban Ocon.

Inicialmente, a cúpula da Mercedes havia indicado que o nome para o segundo carro da equipe seria anunciado antes do Natal, mas as negociações se mostraram mais complicadas que o imaginado. Talvez por isso, o time tenha optado por esperar um pouco mais para confirmar o novo companheiro de Hamilton.
 
Falando no inglês, a equipe também tratou de informar que o tricampeão não terá influência na decisão, mas que a escolha também leva em consideração a satisfação dele dentro do time. Lewis, por sua vez, disse em um primeiro momento que não se importa com quem vai dividir os boxes no ano que vem, mas fez um alerta à escuderia, afirmando que a opção por um piloto de mais nome pode também criar um efeito danoso, por conta do risco de uma nova rivalidade

A temporada 2017 da F1 começa em 26 de março, com o GP da Austrália, em Melbourne.



Últimas Notícias
sexta-feira, 23 de junho de 2017
MotoGP
MotoGP
MotoGP
Stock Car
F1
MotoGP
quinta-feira, 22 de junho de 2017
Indy
F1
Indy
Endurance
F1
Endurance
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook