F1
05/01/2017 07:56

Räikkönen diz que falta de vitórias foi golpe duro, mas garante: “Ano da Ferrari foi melhor do que os resultados mostraram”

Kimi Räikkönen acredita que a temporada 2016 da Ferrari foi muito melhor do que os resultados levam a crer. O finlandês disse que a equipe promoveu melhorias tanto do carro quanto no trabalho dentro da fábrica e que a esperança agora é ter um carro mais competitivo em 2017
Warm Up
Redação GP, de Leipzig
 

Kimi Räikkönen acredita que a temporada 2016 da Ferrari foi muito mais forte do que os resultados mostraram no fim. O finlandês entende que a equipe italiana apresentou uma significativa melhora e tanto na pista quanto no trabalho dentro da fábrica.
 
O campeão de 2007 terminou o ano na sexta colocação, com 26 pontos a menos que Sebastian Vettel, que fechou o campeonato em quarto. Ainda assim, a esquadra de Maranello viu um grande crescimento da rival Red Bull e acabou perdendo o posto de segunda força no Mundial.
 
Räikkönen admitiu que a falha em conseguir vitórias e o fato de a Ferrari ter terminado o ano 70 pontos atrás da Red Bull foram um golpe duro. Kimi disse ainda que a esperança está agora no novo regulamento.
Kimi Räikkönen vê o copo meio cheio da Ferrari (Foto: Ferrari)

"Nós sofremos, mas continuamos a trabalhar duro e tentando fazer o melhor que podemos, mas infelizmente os resultados no ano passado não apareceram como queríamos", disse o nórdico à revista inglesa 'Autosport'. "Graças a todos, ainda estamos tentando melhorar e estamos aprendendo com os erros", completou.
 
"É por isso que sinto que estamos em uma posição mais forte, mesmo que os resultados não mostrem isso, mas, como equipe, trabalhamos muito bem. Se você tomar isso puramente, espero que, neste ano, o novo carro seja mais competitivo, pois tenho certeza de que teremos uma boa luta pela frente", acrescentou o piloto ferrarista.

Últimas Notícias
quarta-feira, 24 de maio de 2017
Indy
Indy
Indy
F-Truck
Indy
Indy
Nascar
Indy
F1
MotoGP
Indy
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook