F1
17/10/2017 06:54

Räikkönen vê Ferrari com potencial para vencer últimas corridas de 2017: “Temos velocidade para dar a volta por cima”

Mesmo com a maré de azar e a série de problemas nas corridas em solo asiático, Kimi Räikkönen ainda acredita na Ferrari em 2017. O ‘Homem de Gelo’, que completa 38 anos nesta terça-feira, vê na equipe potencial para vencer. Em Austin, palco da etapa deste fim de semana, a escuderia de Maranello jamais figurou no topo do pódio
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

Kimi Räikkönen, bastante elogiado por Sebastian Vettel recentemente, viaja para Austin otimista e ainda confiante no que a Ferrari pode apresentar na reta final da temporada 2017, mesmo com a recente má fase. Restam quatro corridas para o desfecho do campeonato, a começar pela deste fim de semana, o GP dos Estados Unidos. Na visão do ‘Homem de Gelo’, que completa 38 anos nesta terça-feira (17), há potencial para a escuderia italiana vencer todas as corridas que restam para completar o calendário do Mundial.
 
Além de Austin, o campeonato ainda compreende as disputas dos GPs do México, Brasil e Abu Dhabi. Quanto ao palco da corrida deste fim de semana, a Ferrari jamais venceu. O principal oponente da equipe de Maranello, Lewis Hamilton, já triunfou quatro das cinco vezes em que a F1 esteve no Texas: 2012, 2014, 2015 e 2016. Vettel, quando ainda corria pela Red Bull, alcançou o topo do pódio em 2013.
Aniversariante do dia, Kimi Räikkönen ainda acredita que a Ferrari pode vencer em 2017 (Foto: Ferrari)
“Podemos vencer qualquer uma das corridas que faltam desde que façamos tudo o que for possível. Não sabemos o que vai acontecer porque as pistas são muito distintas entre si. Cada fim de semana começamos do zero e fazemos o melhor para evitar falhas e problemas”, comentou Kimi.
 
O finlandês também sofreu com a maré de azar que se abateu sobre a Ferrari nas últimas provas com o acidente na largada em Singapura e a falha no motor antes mesmo da largada em Sepang.
 

Quanto às poucas chances de título da Ferrari, tanto no Mundial de Pilotos, com Sebastian Vettel, como também no Mundial de Construtores, Räikkönen só garante uma coisa: a equipe não vai se render enquanto houver chance.
 
“Não sei o que vai acontecer, ninguém sabe. Sabemos que vamos tentar até à última volta da última corrida e aí vamos ver onde vamos chegar. Não tivemos boas corridas recentemente e acho que temos velocidade para dar a volta por cima. Isso, ao menos, é positivo”, finalizou o veterano.
’EXTRAORDINÁRIO’

DI GRASSI VÊ HAMILTON COMO UM DOS TRÊS MAIORES DA HISTÓRIA
 

Últimas Notícias
quarta-feira, 22 de novembro de 2017
Stock Car
MotoGP
Indy
F1
F1
MotoGP
F1
Copa Grande Prêmio
F1
Endurance
Outras
Outras
Stock Car
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook