F1
23/09/2017 13:47

Sainz diz que evolução da Renault em 2017 põe “sorriso no rosto” e fala em honra em repetir passos de Alonso

Carlos Sainz revelou que a evolução apresentada pela Renault ao longo de 2017 coloca “um sorriso em seu rosto”. O espanhol também reiterou que está ansioso por fazer parte da equipe e se disse honrado de ter sido chamado para o time com o qual Fernando Alonso ganhou seus títulos
Warm Up
Redação GP, de Curitiba

Recém-anunciado como novo nome da Renault para 2018, Carlos Sainz afirmou que a evolução da equipe francesa ao longo de 2017 é um fator que lhe confiança para a próxima temporada da F1. 
 
Como parte do acordo que fez a fabricante francesa fechar contrato para fornecer motores para a McLaren, enquanto a Toro Rosso vai ter a Honda como parceira, o espanhol, enfim, vai ter a chance de defender um time de fábrica. Sainz será companheiro do experiente Nico Hülkenberg. E, apesar de marca gaulesa figurar na sétima colocação no Mundial de Construtores, o time se tornou presença regular no top-10 nesta segunda parte da temporada.
 
"Quando um piloto assina com uma equipe de fábrica, é um passo adiante na carreira, e isso significa que você agora é parte de uma enorme organização, não só no esporte, mas na indústria automotiva", afirmou o piloto de 23 anos. "Além disso, é uma fabricante que quer se tornar campeã do mundo. Eles querem fazer isso a médio e curto prazo e confiaram em mim para ajudá-los", completou.
Carlos Sainz vai defender a Renault em 2018 (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
"A Renault vem se mostrando como quarto time neste ano. E vejo que o desenvolvimento tem sido um ponto chave nesta temporada, o que também coloca um sorriso no meu rosto, porque eu sei o quanto eles evoluíram e o grande esforço que estão fazendo para obter os resultados. Eu os acompanho muito bem porque possuem o mesmo motor que nós, então sei do progresso que vem sendo feito."
 
Sainz acrescentou ainda que pilotar pela Renault é um sonho antigo, muito em função de Fernando Alonso, que conquistou seus dois títulos defendendo os franceses. "Isso também é o que me deixa mais feliz", reconheceu Carlos, que tem uma estreita ligação de amizade com o bicampeão.
 

"Estou entrando em uma equipe que é um sonho de infância, uma equipe que está no caminho certo, motivada em crescer, uma equipe que está atrás de mim desde meados de 2016. Eu me tornei fã da F1 ao ver as vitórias de Fernando com a Renault e, finalmente, agora fazer parte da equipe é uma grande honra."
 
Por fim, Sainz acha que, apesar de todo o desenvolvimento, alcançar o top-3 em 2018 não será tarefa fácil. "O próximo passo é difícil. Não falamos ainda sobre os objetivos, de ser quarta força ou terceira, mas quero ajudá-los a marcar o máximo de pontos possível e, junto com Nico, levá-los para o próximo nível", concluiu.
’SOLDADINHO’ DA PENSKE?

CASTRONEVES TEM FALTA DE TÍTULO COMO MANCHA NA CARREIRA  
 

Últimas Notícias
domingo, 10 de dezembro de 2017
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Brasileiro de Turismo
Brasileiro de Marcas
Brasileiro de Turismo
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
F1
F1
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook