F1
13/09/2017 08:10

Satisfeita com trabalho, Mercedes anuncia renovação de contrato com Bottas até fim da temporada 2018

Não que houvesse qualquer dúvida. Mas a Mercedes tratou de confirmar as expectativas e anunciou, na noite desta quarta-feira (13) em Singapura, que Valtteri Bottas vai continuar como piloto da equipe até o fim da próxima temporada. Assim, as duplas das três principais equipes estão fechadas para 2018
Warm Up
FERNANDO SILVA, de São Paulo

Convocado às pressas para ser o substituto de Nico Rosberg, aposentado cinco dias depois de conquistar o título mundial, Valtteri Bottas agradou a Mercedes. No seu primeiro ano como piloto da equipe tricampeã da F1, o finlandês de 28 anos faz temporada bastante decente, com direito a duas vitórias (Rússia e Áustria), duas poles, o terceiro lugar no campeonato e também s e destaca pela harmonia mostrada no trato com seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton. Assim, a Mercedes não teve a menor dúvida em confirmar sua permanência. Bottas vai continuar como no time até o fim de 2018, conforme anúncio publicado nesta quarta-feira (13).
 
A renovação com Valtteri era pule de dez e ventilada há tempos no paddock. Com prestígio em alta com Toto Wolff, Niki Lauda e até Lewis Hamilton, só restava mesmo a oficialização. Wolff, por exemplo, indicava que o anúncio da permanência do nórdico era apenas questão de formalidade, o que foi sacramentado no fim da tarde desta quarta-feira em Singapura.

“Demos um grande desafio neste ano a Valtteri: se unir à equipe na última hora, lutar no topo da F1 e ter como companheiro de equipe o melhor piloto da categoria. Com tudo isso em mente, seus resultados possivelmente foram mais do que impressionantes. Ele teve mais altos do que baixos e alguns grandes momentos, como suas vitórias na Rússia e na Áustria", destacou o chefe da Mercedes.

"No geral, o balanço do seu rendimento e sua forma ascendente mão nos deixaram dúvidas para que ele continue em 2018. Para nossa equipe, o fator extra é o respeito e o espírito esportivo que cresceu entre nossos dois pilotos”, ressaltou Wolff, feliz com a postura e a competitividade mostradas pelo finlandês ao longo do ano.

“A química e a dinâmica entre Valtteri e Lewis funciona e é o que precisamos para vencer o título frente aos nossos adversários”, acrescentou o dirigente austríaco.
Valtteri Bottas está garantido por pelo menos mais uma temporada na Mercedes (Foto: AFP)
Por sua vez, Bottas não escondeu a felicidade ao falar da renovação do seu contrato. “Eu me sinto honrado e orgulhoso por continuar trabalhando com a Mercedes em 2018 e continuar sendo parte da família Mercedes. Juntos seguimos sendo mais fortes dia após dia e, ao continuar trabalhando duro, acho que o céu é o limite”, destacou o #77.
 
“Desde quando me uni à equipe em janeiro, aproveitei cada dia trabalhando com eles. Como piloto, pude aprender e crescer incrivelmente, e já curtimos momentos muito bons nesta temporada, algo que nunca vou esquecer. Trabalhar com Lewis também tem sido algo muito bom e estou curtindo o respeito que temos. E assim vamos continuar, levando esta equipe até o topo”, complementou.
Valtteri Bottas trouxe harmonia à Mercedes no trato com Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)
Assim, as três principais equipes do grid, Mercedes, Ferrari e Red Bull, já têm suas duplas definidas para 2018. Bottas era a peça que faltava para a escuderia prateada definir sua dupla, que tem Lewis Hamilton como sua maior estrela. O tricampeão também vai encerrar seu vínculo atual com a Mercedes no fim do ano que vem.

Recentemente, Sebastian Vettel e Ferrari fecharam novo contrato com três anos de duração, enquanto Kimi Räikkönen vai seguir também até o fim de 2018. Daniel Ricciardo e Max Verstappen também têm vínculo com a Red Bull até o encerramento da próxima temporada. Desta forma, apenas Vettel, dentre os pilotos das principais equipes do grid, vai continuar sob contrato além do fim de 2018,.

O anúncio da renovação de contrato da Mercedes com Bottas é o primeiro de uma série que são esperados para a quarta-feira. Há a expectativa pela oficialização da união McLaren-Renault e o consequente divórcio entre a equipe e a Honda, que deve rumar para Faenza e acertar com a Toro Rosso. E na esteira de todas as negociações, espera-se que Fernando Alonso defina seu futuro nos próximos dias.
KUBICA TEM WILLIAMS COMO GRANDE CHANCE PARA VOLTAR À F1 EM 2018. E PODE "SOBRAR MUITO" PARA MASSA


Últimas Notícias
quarta-feira, 13 de setembro de 2017
F1
MotoGP
F1
F1
MotoGP
F1
terça-feira, 12 de setembro de 2017
Nascar
Copa Grande Prêmio
F-E
F1
Porsche GT3 Cup
Outras
Copa Grande Prêmio
Indy
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook