F1
21/11/2016 07:38

Sem surpresas, Sauber confirma Ericsson para temporada 2017 da F1. Mas não define situação de Nasr

Marcus Ericsson vai disputar sua terceira temporada como piloto da Sauber no ano que vem. A notícia, que já era esperada, definiu mais um assento para 2017, restando três vagas, sendo uma na própria Sauber e as outras duas na Manor. A situação de Felipe Nasr, que não terá mais o patrocínio do Banco do Brasil, segue indefinida
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré
 

A Sauber oficializou na manhã desta segunda-feira (21) a renovação do contrato com Marcus Ericsson. O piloto sueco, que está vinculado ao time de Hinwil desde o ano passado, vai partir para sua terceira temporada, enquanto seu atual companheiro de equipe, Felipe Nasr, ainda tem o futuro indefinido. Companheiro de equipe de Ericsson desde 2015, o brasileiro não terá mais o patrocínio do Banco do Brasil, que planeja aposentar nada menos que 18 mil funcionários e fechar 402 agências, indicando um forte corte nos gastos da instituição.
 
Ericsson ainda não tem pontos na temporada, diferente de Nasr, que somou os dois tentos da Sauber com sua melhor performance no ano no último GP do Brasil. Os pontos de Nasr podem ser decisivos para o futuro da Sauber em 2017, uma vez que pode garantir o time em décimo lugar no Mundial de Construtores, resultando numa premiação milionária por parte da FOM (Formula One Management), podendo chegar aos € 40 milhões (ou R$ 143 mi), segundo a imprensa europeia. Já o mehor resultado do sueco no ano foi o 11º lugar no GP do México.
 
A definição da renovação de Ericsson com a Sauber reflete em um grid quase completo da F1 para 2017. Restam três vagas a serem preenchidas: uma na própria Sauber e as outras duas na Manor.
Marcus Ericsson vai correr mais uma temporada pela Sauber em 2017 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

“É uma grande notícia correr por outro ano pela Sauber. Estou há dois anos com a Sauber agora e me sinto muito em casa. Agradeço muito a todos na equipe por confiar em mim novamente. Do ponto de vista pessoal, eu me desenvolvi muito como piloto durante meu tempo na Sauber”, disse Ericsson.
 
“Tivemos altos e baixos, mas sempre seguimos juntos e trabalhamos duro. Desde a chegada do novo proprietário, isso tem sido um impulso positivo para a equipe, então isso vai ser empolgante com a gente entrando numa nova era. Muita gente experiente no automobilismo está se unindo à Sauber, o que é um bom sinal para o futuro. Para 2017, meu objetivo é construir minha performance com base na segunda metade desta temporada e seguir trabalhando duro com a equipe”, completou.
 
“Mal posso esperar pela temporada 2017, então nós podemos lutar no meio do pelotão com o objetivo de marcar pontos regularmente”, acrescentou o sueco. Ericsson pode ter como seu novo companheiro de equipe o mexicano Esteban Gutiérrez, que negocia com a Sauber para retornar à equipe em que esteve entre 2013 e 2014. Nasr segue no páreo, mas tem sua condição complicada em razão da falta de patrocínio.

Monisha Kaltenborn, chefe da Sauber, falou sobre a permanência de Ericsson na equipe e destacou seu trabalho ao longo dos dois últimos anos na F1.
 
“Estamos felizes por anunciar que Marcus vai continuar como nosso piloto na Sauber para 2017. Durante a atual temporada, Marcus demonstrou de novo que tem vontade de ganhar quilometragem para evoluir. Passou por momentos difíceis com a gente, mas ele lidou muito bem com isso. Nos dois últimos anos, deu passos significativos sobre seu desenvolvimento pessoal, demonstrou suas habilidades também fora da pista, especialmente quando as circunstâncias não são fáceis”, destacou.
 
“Ele não é só um bom piloto, mas também é um importante cara de grupo, que entende como trabalhar com a equipe e como motivar todo mundo com sua atitude positiva. A F1 entra em uma nova era em 2017, e confio que podemos contar com Marcus para devolver à equipe a competitividade”, concluiu a chefe da Sauber.
 

Últimas Notícias
quinta-feira, 27 de abril de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Indy
F1
MotoGP
F1
F1
MotoGP
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook