F1
04/12/2016 10:40

Stroll promete preparação intensa para ano de estreia na F1, mas mostra cautela: “Vou pensar em uma corrida de cada vez”

Lance Stroll passa por uma intensa preparação para chegar bem à F1, mas se engana quem pensa que o canadense já sonha em começar sua trajetória brilhando. Com cautela, Stroll promete dar um passo de cada vez na categoria principal
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
 

Lance Stroll faz uma das preparações mais impressionantes dos últimos tempos para chegar à F1. Filho de bilionário, o canadense campeão da F3 Europeia teve grande investimento em treinos e horas de pista. O piloto, por exemplo, andou em uma Williams FW36 de 2014, para ter condições realistas. A equipe ainda forneceu um time de testes com 20 pessoas, além dos funcionários de Mercedes, que foram designados para cuidar apenas do motor. Mesmo assim, o canadense garante que, na categoria principal, só quer pensar corrida após corrida, sem falsas expectativas.
 
Stroll deixou claro que um bom primeiro ano na F1 não passa necessariamente por uma grande estreia na Austrália, mas prometeu empenho para chegar o mais pronto possível na corrida de abertura do campeonato. Lance aposta em bom entrosamento com a Williams.
 
"Vai ser muito físico, preciso me preparar o máximo que puder para fazer bonito nessa primeira corrida. Mas é uma temporada muito longa, vai bem além de chegar em Melbourne e ter uma exibição perfeita. Eu sou um novato, tenho um ano inteiro pela frente e uma equipe que pode me ensinar muito, já que sempre se deu bem com jovens pilotos", disse.
 
O canadense valorizou o fato de ter Valtteri Bottas como companheiro de equipe e garantiu que vai pensar corrida a corrida em seu ano de novato.
Lance Stroll mantém a cautela para 2017 (Foto: Williams)
"Eu também vou ter uma ótima referência do meu lado. Valtteri vai ser um grande companheiro, ele já mostrou ser um grande talento. Assim como fiz na F3, vou pensar em uma corrida de cada vez", seguiu.
 
O jovem piloto prometeu empenho máximo para se aprimorar física e tecnicamente e deixou claro que não vai criar falsas expectativas, repetindo o mantra de um passo de cada vez.
 
"Durante o inverno eu vou me preparar muito, fazer muita academia, também um tanto de simulador durante a temporada. Como disse, o campeonato é muito longo. É a F1, mas sempre existe a ansiedade de subir um degrau, mesmo quando é da F4 para a F3. Mas não quero criar falsas expectativas, ano que vem é um novo ano, muita coisa na F1 vai mudar, então vamos ver, corrida após corrida, como vai ser esse campeonato", completou.


Últimas Notícias
sábado, 25 de março de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
sexta-feira, 24 de março de 2017
F1
F1
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
F-Inter
F1
Galerias de Imagens
Facebook