F1
10/01/2017 09:53

Substituto de Montezemolo, Marchionne anuncia que vai deixar cargo de presidente da Ferrari no fim de 2018

Substituto de Luca di Montezemolo, Sergio Marchionne confirmou nesta terça-feira (10) que vai deixar o cargo de presidente da Ferrari no fim de 2018. O executivo não apontou quem será seu sucessor à frente da icônica montadora de carros italiana
Warm Up
Redação GP, de Leipzig
 

Sergio Marchionne anunciou que vai deixar a presidência da Ferrari no fim de 2018 e também o comando Grupo Fiat Chrysler. O executivo está à frente da equipe mais tradicional da história da F1 desde o fim de 2014, quando assumiu o cargo que era de Luca di Montezemolo, que ficou por 23 anos no comando da icônica montadora italiana.
 
O anúncio foi feito pelo próprio dirigente durante uma apresentação no Salão do Automóvel de Detroit nesta terça-feira (10). "O meu objetivo é completar o plano 2014-2018, concentrando esforços na obtenção de lucro e benefícios. O plano de sucessão ainda avança e meu sucessor será um chefe interno. John Elkann e o Conselho vão dar a notícia. Mas ainda não podemos dizer quando", afirmou o dirigente.
Sergio Marchionne vai deixar a presidência da Ferrari em 2018 (Foto: Ferrari)

Marchionne também fez declarações sobre os elogios que recebeu por parte do novo presidente dos EUA, Donald Trump, depois que confirmou um investimento de 940 milhões no país e na criação de 2 mil postos de trabalho. "Pelo que entendo, acho que o presidente eleito gostaria de ver uma fusão entre a Chrysler e a General Motors", brincou Sergio, que tem planos de se aposentar no início de 2019.

Na F1, o executivo foi o responsável pela contratação do tetracampeão Sebastian Vettel e do chefe Maurizio Arrivabene, além de promover uma grande reestruturação técnica a partir de 2015. Inicialmente, os esforços foram recompensados, e o time surgiu como vice-campeão, com três vitórias.

Porém, a Ferrari viveu uma temporada 2016 bastante aquém das expectativas. Longe da briga por vitórias, a esquadra vermelha não conseguiu vencer e ainda viu a rival Red Bull crescer e tomar a posição de segunda força do Mundial. 


Últimas Notícias
terça-feira, 22 de agosto de 2017
Copa Grande Prêmio
F1
F1
Seletiva BR
F1
F-E
F1
F1
MotoGP
F1
F1
F1
MotoGP
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook