F1
04/01/2017 09:30

Vandoorne descarta chance de repetir Hamilton de 2007 na McLaren e diz: “Não espero nada da minha relação com Alonso”

Stoffel Vandoorne afastou qualquer possibilidade de viver com Fernando Alonso o mesmo roteiro de 2007, quando o espanhol enfrentou o então novato Lewis Hamilton na McLaren. O belga disse ter estilo próprio e se vê preparado para o desafio de correr uma temporada inteira na F1
Warm Up
Redação GP, de Leipzig
 

Fernando Alonso assegurou recentemente que não vai enfrentar com Stoffel Vandoorne os mesmos problemas que teve com Lewis Hamilton, quando dividiu a McLaren com o então estreante inglês em 2007. Ambos viveram uma enorme rivalidade que acabou provocando a saída do espanhol da equipe ao fim daquela temporada. Agora, em 2017, Alonso vive a expectativa de partilhar o time de Woking com um novato novamente. E esse novato entende também que a convivência com o bicampeão será diferente, mas disse que não espera um relacionamento de amizade com o veterano.
 
Reserva da McLaren em 2016, Vandoorne foi chamado para substituir o espanhol no GP do Bahrein e foi o responsável pelo primeiro ponto conquistado pela esquadra na temporada. Agora, o jovem belga assumiu o posto de titular, depois de atravessar o ano observando o trabalho de Alonso e também de Jenson Button, a quem substitui. 
Fernando Alonso, Stoffel Vandoorne e Jenson Button (Foto: McLaren Honda)

"Não espero nada da minha relação com Fernando Alonso", disse o piloto de 24 anos em entrevista ao jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport'. "Não recebi nenhum conselho de Fernando ou Jenson, mas sempre me mantive a atento e perto deles durante as corridas, observando, tratando de conhecer melhor os dois, ainda que tenha o meu próprio estilo", completou.
 
Vandoorne também deixou claro que do outro lado da garagem está um rival e não um tutor. E questionado se poderia haver uma repetição do que aconteceu com Hamilton em 2007, Stoffel foi categórico: "Não quero ser Hamilton, quero ser Vandoorne."
 
Por fim, o belga rechaçou qualquer comparação com Max Verstappen. "Chegamos à F1 por caminhos diferentes. Eu comecei mais tarde, com pouco dinheiro e sem saber muito bem onde correr. Max foi muito mais rápido. Ainda me falta experiência em corrida, mas estou mais preparado", encerrou.

Últimas Notícias
quarta-feira, 24 de maio de 2017
Indy
Indy
Nascar
Indy
F1
MotoGP
Indy
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Superbike
Galerias de Imagens
Facebook