F1
16/04/2017 14:05

Vettel destaca 'atalho fantástico' pego pela Ferrari e se deleita em elogios: “Carro estava um sonho hoje”

Sebastian Vettel foi perfeito em quase todos os momentos da prova. Talvez a vitória no GP do Bahrein deste domingo (16) não tenha sido perfeita sem tirar nem pôr por Sebastian não ter passado Valtteri Bottas naquelas primeiras voltas, mas não houve qualquer erro. Vettel, o tetracampeão, venceu e lidera a disputa pelo penta
Warm Up
PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro

Três corridas no ano, duas vitórias de Sebastian Vettel: e as duas por meio de acertos estratégicos da Ferrari. A temporada 2017 começou um tanto quanto diferente na F1. Neste domingo (16), no GP do Bahrein, Vettel se impôs na largada, deixou Lewis Hamilton para trás e soube os momentos para parar nos boxes. O tetracampeão sai do Oriente Médio com a liderança do Mundial de F1.
 
A corrida foi decidida em momentos-chave. Vettel passou Hamilton na largada e claramente tinha melhor ritmo que Valtteri Bottas nos giros seguintes. Sem conseguir passar, foi aos boxes trocar um jogo de pneus supermacios por outro. Nem um safety-car causado por batida entre Carlos Sainz e Lance Stroll atrapalhou. 
 
Hamilton, de pneus macios, não conseguiu ficar na pista pelo resto da prova e ainda teve que cumprir 5s de punição por conta de atrasar a entrada de Daniel Ricciardo no pit-lane. Vettel venceu no Bahrein e mostra novamente que o desafio da Ferrari é real. 

"Foi um dia realmente ótimo. Hoje foi um grande trabalho em equipe, e desde o começo eu consegui sentir que éramos rápidos. Valtteri não cometeu quaisquer erros. Tentamos pegar um atalho e funcionou fantasticamente. Me surpreendei de como eu saí à frente de todos, porque pensei que tinha perdido minha vantagem depois do safety-car", afirmou. 
Sebastian Vettel venceu o GP do Bahrein (Foto: Twitter/F1)

Agora líder do campeonato por sete pontos, Vettel brincou que sua intuição o 'contou' que o carro estava em condições de promover a vitória de Páscoa.

""É um longo ano. O carro está um prazer, e eu fiquei meio para baixo com a distância tão grande da classificação. Mas algo lá no fundo me disse que eu tinha um bom carro. Desde o começo eu senti que a caça de Páscoa estava acontecendo. Eles [a Mercedes] estava escondendo alguns ovos, mas nós encontramos", brincou.

"Lewis foi uma ameaça no final da corrida, mas o carro estava um sonho hoje", elogiou.
VERSTAPPEN É O PILOTO MAIS IMPACTANTE DA HISTÓRIA DA F1. ASSISTA


Últimas Notícias
domingo, 22 de outubro de 2017
Stock Car
F1
F1
Stock Car
Stock Car
F1
F1
Nascar
Superbike
F1
Brasileiro de Marcas
MotoGP
MotoGP
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook