F1
15/12/2016 17:35

Williams admite possibilidade de perder Bottas para Mercedes. Mas só se conseguir piloto “experiente como Massa”

À BBC, Claire Williams não demonstrou estar tão resistente à ideia de perder Valtteri Bottas. A dirigente até ficou satisfeita com o interesse da Mercedes, mas negócios são negócios. E para que libere o finlandês, o negócio é pegar alguém que tenha bagagem na F1. Tipo Felipe Massa
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro
 

O nome de Felipe Massa ganhou força nesta quinta-feira (15) assim que o jornal francês 'L'Équipe' informou que a equipe inglesa estava em "conversas avançadas" para convencer o brasileiro a desistir de sua aposentadoria. A Williams começa a aceitar que Valtteri Bottas está escorregando pelas mãos por conta da procura da Mercedes por um substituto para o aposentado Nico Rosberg. Mas segundo o time de Grove, o finlandês só será liberado caso a possa ser substituído por um piloto "experiente, uma alternativa possível que estja disponível".
 
De acordo com a rede de TV inglesa BBC, a Mercedes ofereceu uma redução de R$ 5,6 milhões no preço de seus motores para que conseguisse a liberação de Bottas por parte da Williams. Uma oferta rejeitada primeiramente pela equipe inglesa. Mas para a chefe-adjunta, Claire Williams, só faz sentido aceitar a ida de Bottas se outro nome que conhece a F1 chegasse para fazer par com o novato Lance Stroll. Massa, claro, é o preferido.
Felipe Massa é o plano B de Claire Williams (Foto: Beto Issa)
"Eu fico muito feliz em ver que a Mercedes considera o Valtteri um potencial substituto para o Nico. Nós sempre soubemos que ele era um dos grandes talentos da categoria e ficamos orgulhosos ao ver o principal time da F1 reconhecendo isso", disse à BBC.
 
"Entretanto, a Williams tem suas próprias ambições, sempre precisamos garantir ao nosso time as melhores oportunidades para evoluirmos. Qualquer mudança só será feita se a Williams continuar em uma posição forte para competir e se desenvolver em 2017", seguiu.
 
"Se permitirmos que Valtteri saia é porque vamos ter um piloto experiente como, por exemplo, Felipe Massa à disposição. Qualquer coisa que a gente decida precisa ser de interesse do time. O melhor para o futuro da equipe", completou.
 
GRANDE PRÊMIO MELHORES DO ANO 2016

A votação vai até o dia 22 de dezembro, e os vencedores serão anunciados em matérias especiais no GP. Participe da eleição dos Melhores do Ano.
 
 



Últimas Notícias
sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
Kart
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
Truck
Kart
MotoGP
F1
F1
F1
Kart
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook