F1
16/03/2017 06:20

Williams oficializa chegada de Lowe como chefe de departamento técnico e acionista com efeito imediato

Pilar dos anos vitoriosos da Mercedes, Paddy Lowe está de volta à Williams, equipe onde começou sua trajetória na F1. Com passagem também pela McLaren, o engenheiro queniano de nacionalidade britânica volta a Grove para desempenhar a função de chefe do departamento técnico, mas também como acionista da escuderia multicampeã do mundo
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 

Depois de fazer parte do esquadrão prateado da Mercedes e ajudar a equipe a dominar as últimas temporadas da F1 como diretor-técnico, Paddy Lowe está de volta à velha e primeira casa, a Williams. Aos 54 anos, engenheiro queniano de nacionalidade britânica deixou a Mercedes no começo de janeiro e, desde então, seu nome vinha sendo ligado à Williams, que confirmou sua chegada nesta quinta-feira (16). Lowe já começa a trabalhar desde já como chefe do departamento técnico do time de Grove. 
 
Lowe também terá participação na equipe como acionista, integrando o rol dos principais dirigentes do time ao lado de Claire Williams, chefe-adjunta, e de Mike O’Driscoll, diretor-executivo da empresa.
 
“Sempre tive um profundo respeito pela Williams, minha primeira equipe na F1. É uma enorme honra voltar e lidar a equipe, e ter a chance de me converter em acionista. Estou extremamente motivado para dar o máximo e contribuir para que a equipe volte a triunfar”, declarou o engenheiro.
Depois de uma passagem vitoriosa na Mercedes, Paddy Lowe está de volta à Williams (Foto: Mercedes)
“A visão para o futuro estabelecida pela administração da Williams é poderosa e me levou a participar de uma organização comprometida com a construção deste legado único e para chegar ao topo a F1 mais uma vez. Estou ansioso por esta fase empolgante da minha carreira e trabalhar ao lado de Claire, Mike e Nick Rose, presidente do conselho de administração, e com o restante desta grande equipe, especialmente com o próprio Frank Williams, um dos mais comprometidos competidores que eu conheço”, complementou.

Claire Williams deu as boas-vindas ao novo contratado e velho conhecido da equipe. “Estou muito feliz pela equipe estar recebendo Paddy de volta na função de chefe do departamento técnico. Ter alguém do calibre e conhecimento de engenharia de Paddy não é apenas um impulso moral para todos nós na Williams, mas sei que isso vai ser um grande suporte para os nossos esforços para devolver esta equipe de volta à ponta do grid. Nossas ambições na Williams são inabaláveis. Queremos vencer corridas e títulos, mas para fazer isso você precisa ter os melhores talentos”.
 
“Em Paddy nós acreditamos que temos isso, bem como um líder que vai conduzir essa mudança. É uma mudança de patamar para nós e, mais uma vez, isso nos deixa muito entusiasmados com o futuro desta equipe”, acrescentou a dirigente.
 
A primeira passagem de Lowe pela Williams foi muito vitoriosa. O engenheiro chegou à equipe no fim dos anos 80 e, no início da década de 1990 foi figura importante no desenvolvimento da revolucionária suspensão ativa, sistema importante para tornar o FW14 dominante e capaz de levar Nigel Mansell a um título tranquilo em 1992. 
 

Um ano depois do título de Mansell, Lowe deixou a Williams e fechou contrato com a McLaren, por onde esteve durante 20 anos. Em Woking, o britânico evoluiu com a equipe e, depois de exercer a chefia do departamento de pesquisa e desenvolvimento, se tornou diretor de engenharia e, em 2011, assumiu como diretor-técnico. Lowe também foi figura importante em períodos vitoriosos da McLaren no fim dos anos 1990 e também em 2008, quando Lewis Hamilton faturou o último título da equipe.
 
Em junho de 2013, Lowe se uniu à Mercedes e foi um dos cinco pilares da equipe nesses anos de domínio na F1 ao lado de Toto Wolff, Niki Lauda, Hamilton e Nico Rosberg. Com a saída de Lowe da escuderia prateada no começo deste ano, James Allison, ex-Ferrari, foi contratado para seu lugar.

PADDOCK GP #69 DEBATE ABERTURA DA INDY, TESTES DA F1 E MOTOGP E LEMBRA JOHN SURTEES



Últimas Notícias
quinta-feira, 21 de setembro de 2017
MotoGP
Superbike
F1
MotoGP
F-E
MotoGP
MotoGP
Nascar
F1
MotoGP
F-E
F1
F1
MotoGP
Indy
Galerias de Imagens
Facebook