F3
24/12/2016 08:29

Após dois anos na F4, Mick Schumacher continua na Prema e disputa temporada 2017 da F3 Europeia

Filho do icônico heptacampeão mundial de F1 Michael Schumacher, Mick Schumacher vai para seu terceiro ano nos monopostos. O alemão continua na Prema, mas vai para a competitiva F3 Europeia em 2017. O jovem de 17 anos deve ter como um dos seus adversários no grid o brasileiro Pedro Piquet, filho mais novo de Nelson Piquet
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 
Depois de dois anos correndo na F4, nas divisões Alemã e Italiana, Mick Schumacher vai dar um considerável salto em sua carreira como piloto. Aos 17 anos, o filho do heptacampeão mundial de F1, Michael Schumacher, Mick vai disputar em 2017 a temporada da forte F3 Europeia. O alemão vai continuar defendendo a Prema, time italiano por onde correu na F4 neste ano e foi vice-campeão tanto na F4 Alemã como também na Italiana em 2015.
 
Mick Schumacher chama a atenção não apenas pelo pai famoso — que luta pela vida depois de quase três anos do acidente sofrido na estação de esqui de Méribel —, mas também pelo bom trabalho que tem feito neste começo de carreira. O jovem tem um retrospecto de respeito no kartismo, onde se sagrou vice-campeão mundial e europeu em 2014, antes de migrar para os monopostos no ano seguinte. Agora, é chegada a hora para se preparar para o próximo desafio no esporte. 
Depois de ser vice nas divisões Alemã e Italiana da F4, Mick Schumacher vai correr na F3 Europeia em 2017 (Foto: Reprodução/Twitter)
“A F3 é o passo ideal para dar, e estou completamente empolgado pelo começo do Ano Novo. Também estou muito feliz por continuar com a Prema, porque esta é uma equipe muito profissional, e vou novamente conseguir aprender muito. A próxima temporada certamente vai ser um desafio, mas os testes que nós fizemos nas últimas semanas provaram que o carro de F3 é bastante divertido para guiar. Mal posso esperar para 2017 começar”, comemorou o alemão.
 
Schumacher deve ter Pedro Piquet como um dos seus adversários no grid da F3 Europeia em 2017. O brasileiro, que fez sua estreia na categoria neste ano, é filho do tricampeão mundial, Nelson Piquet, que teve em Michael Schumacher seu último companheiro de equipe na F1, em 1991.
 
Angelo Rosin, chefe da Prema, comemorou a permanência de Mick no time, agora dando um passo em frente rumo à F3 Europeia. “Nós estamos muito entusiasmados por continuar trabalhando com Nick em 2017. Ele não é apenas um piloto talentoso, ele é também um grande cara e já mostrou que ele tem tudo o que é preciso para ser um profissional de ponta. Estrear em uma categoria desafiadora como a F3 Europeia não será nada fácil, mas vamos apoiar 100% Mick para ajudá-lo a manter a forma impressionante que ele teve neste ano”, disse o italiano.
 
Mick Schumacher chega para substituir Lance Stroll, que foi o campeão da F3 Europeia nesta temporada e está de partida para a Williams, onde vai fazer sua estreia na F1 em 2017. Os companheiros do alemão na próxima temporada são Callum Ilott e Guan Yu Zhou, que já disputaram a categoria na temporada passada.
 
BRUNO SENNA FALA DA CARREIRA, DO FUTURO E DA VOLTA DE MASSA

Últimas Notícias
sexta-feira, 28 de abril de 2017
F1
F1
F1
F1
Motociclismo
F1
quinta-feira, 27 de abril de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Indy
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook