F3
12/11/2015 10:27

Bicampeão no Brasil, Pedro Piquet vai disputar F3 Europeia em 2016 na equipe que projetou Verstappen

Pedro Piquet assinou com a holandesa Van Amersfoort para disputar a F3 Europeia na temporada 2016. Equipe é a mesma que projetou Max Verstappen, hoje piloto da Toro Rosso na F1
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

Pedro Piquet já tem uma equipe para sua estreia na F3 Europeia. O piloto de 17 anos vai disputar as 11 rodadas triplas de 2016 do certame, que normalmente corre como evento de apoio ao DTM, com a holandesa Van Amersfoort.
 
A escuderia é a mesma que projetou Max Verstappen, hoje titular da Toro Rosso na F1. O holandês foi terceiro colocado na F3 Europeia em 2014 e saltou direto para o Mundial.
Pedro Piquet vai correr pela mesma equipe que projetou Max Verstappen (Foto: Duda Bairros/Vicar)
“Tive alguns dias de testes com o time e a impressão foi muito positiva”, comentou Pedro. “Teremos um longo ano pela frente, com 33 corridas e mais de 30 carros no grid. Confio que a Van Amersfoort Racing tem a estrutura ideal e profissionais muito competentes para este passo no desenvolvimento da minha carreira, agora na Europa. A equipe brigou pelos títulos da F3 Euro nas últimas temporadas”, ressaltou.
 
“Gostei muito do ambiente no time, que é relaxado e quase familiar e ao mesmo tempo muito determinado a vencer”, completou Piquet, que deve se mudar para a Holanda.
 

Chefe do time que existe desde 1975, Fritz van Amersfoort celebrou a chegada de Pedro e classificou como um elogio ter a equipe escolhida por uma família de renome.
 
“A família Piquet conhece este meio e, para nós, é um grande elogio que Nelson e Pedro optaram por nosso pacote”, disse Van Amersfoort. “Pedro tem a dedicação necessária para ser um piloto de sucesso e nós vamos ajudá-lo a transformar essa ambição em resultados”, garantiu.
Pedro Piquet é bicampeão da F3 Brasil (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Pedro testou pela VAR no inverno passado e, mais recentemente, nos traçados de Spielberg, Nürburgring e Spa-Francorchamps.
 
Antes de iniciar a temporada 2016, entretanto, Pedro tem uma maratona de 15 corridas pela frente, já que vai disputar a Toyota Series, na Nova Zelândia, pela M2 Competition. No total, são cinco fins de semana consecutivos entre 16 de janeiro e 14 de fevereiro, sempre em rodadas triplas.
 

A participação marca o retorno de Pedro à categoria, que disputou em 2014, aos 15 anos. O melhor resultado na competição é um 13º posto. “Tive um rápido contato com a Toyota Racing Series como novato e gostei muito da experiência. Mas agora pretendo competir para ganhar o campeonato antes de ir para Europa”, garantiu.
 
Neste fim de semana, Piquet disputa a oitava etapa da Porsche GT3 Cup dentro da programação do GP do Brasil de F1 em Interlagos.

A prova deste fim de semana também marca o retorno de Piquet à competição nacional após o forte acidente sofrido em Goiânia. No dia 20 de setembro, Pedro teve um toque com Ricardo Baptista, foi para a grama e decolou, dando uma sequência de nove giros no ar.
PADDOCK GP COM FELIPE MASSA: ASSISTA JÁ

Massa é direto: o GP de Cingapura de 2008, aquele da armação protagonizada por Nelsinho Piquet, deveria ter sido...

Posted by Grande Prêmio on Quarta, 11 de novembro de 2015

Últimas Notícias
quinta-feira, 23 de março de 2017
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
Indy
MotoGP
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook