F3
14/10/2016 11:43

F3 Brasil abre fim de semana em Curitiba com apenas cinco carros na pista e Iorio líder na sexta-feira

Apenas cinco carros estiveram na pista nesta sexta-feira de treinos livres da F3 Brasil para a etapa de Curitiba. Um grid ainda menor que os sete carros exibidos em Londrina. Na tabela de tempos, o líder do campeonato e favorito ao título, Matheus Iorio, liderou a tabela de tempos e foi o mais rápido do dia
Warm Up, de Curitiba
FERNANDO SILVA, de Curitiba
O fim de semana é de festa para o automobilismo com o retorno de Curitiba como palco da Stock Car, além do Mercedes-Benz Challenge, Brasileiro de Turismo e da F3 Brasil. Mas o momento para a categoria destinada a revelar os novos talentos do país nos monopostos é bastante difícil, como já foi visto em Londrina, há três semanas. Mas nesta sexta-feira (14), na abertura da sexta etapa da temporada 2016, o grid se mostra ainda mais diminuto, com apenas cinco carros na pista. Na luta por um título que parece cada vez mais próximo, Matheus Iorio, o líder do campeonato, foi o mais rápido do dia.
 
Foram apenas cinco os carros que aceleraram no primeiro treino livre do fim de semana, com início às 8h (horário de Brasília) na nublada São José dos Pinhais, onde está localizado o Autódromo Internacional de Curitiba. Além de Iorio, Guilherme Samaia e Christian Hahn, da Cesário, e os dois carros da equipe Hitech, que corre em casa nesta etapa: Thiago Vivacqua e Pedro Caland, único representante na categoria Light.
Líder do campeonato, Matheus Iorio abriu o fim de semana na frente na F3 Brasil (Foto: Marcus Cicarello)
Destaca-se, portanto, a ausência do quarto carro da Cesário, o do paulista Carlos Cunha Filho, que não alinhou em nenhuma das duas sessões. Consta na lista de inscritos a presença do carro #91 de Leonardo de Souza, mas o piloto não conseguiu completar nenhuma volta rápida nas duas sessões do dia.
 
No início da manhã, Iorio assinalou 1min11s922 na melhor das suas 24 voltas completadas no traçado seletivo de Curitiba. O paulista de 19 anos foi 0s244 mais rápido que seu companheiro de equipe e ainda postulante ao título, Guilherme Samaia. 
 
Hahn terminou em terceiro, completando uma trinca vitoriosa da Cesário, enquanto Vivacqua, que faz parte da Academia de Pilotos da Shell, ficou 1s003 atrás do líder. Caland, que corre com o Dallara F301 — modelo mais antigo em relação aos F309 da categoria A —, fechou a tabela de tempos, 4s172 atrás.
 
O cenário se repetiu no fim da manhã com o segundo treino livre. Por um tempo, Iorio chegou a ficar atrás de Samaia e Hahn, mas conseguiu cravar o melhor tempo do dia nos minutos finais depois de assinalar 1min11s000 para fechar os trabalhos da F3 nesta sexta-feira em Curitiba.
 
A F3 Brasil retorna à pista na manhã de sábado, às 9h55 (horário de Brasília) com a realização do treino classificatório, de 20 minutos de duração, que vai definir o grid de largada da primeira corrida do fim de semana da sexta etapa da F3 Brasil. A largada está prevista para 13h55.

Últimas Notícias
quarta-feira, 23 de agosto de 2017
Indy
F1
F1
F1
Copa Grande Prêmio
F1
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
F1
F1
F1
MotoGP
Shell
Galerias de Imagens
Facebook