F3
05/11/2016 14:31

Iorio vence fácil em Goiânia e conquista por antecipação título da temporada 2016 da F3 Brasil

Com direito a uma vitória sem sustos, Matheus Iorio confirmou as expectativas e garantiu, com três corridas de antecipação, o título da temporada 2016 da F3 Brasil. O paulista da Cesário, em seu terceiro ano na categoria, assegurou a taça depois de vencer nove das 13 corridas até agora no campeonato
Warm Up, de Goiânia
FERNANDO SILVA, de Goiânia
Matheus Iorio começou o fim de semana ciente de que faltava pouco, muito pouco para confirmar o título da F3 Brasil em Goiânia na quente tarde deste sábado (5). Bastava marcar um ponto a mais em relação ao vice-líder, Guilherme Samaia, para faturar a taça por antecipação. Mas o paulista de 19 anos fez mais do que meros pontos e garantiu o principal título da sua carreira até agora com uma vitória tranquila, como foi toda a temporada 2016. Depois de três anos, sendo um na classe Light e outros dois na série principal, Matheus Iorio agora pode soltar o grito e comemorar que é campeão da F3 Brasil.
 
O resultado deste sábado coroa uma série vitoriosa de Iorio na temporada. Foram nove vitórias em 13 corridas disputadas, restando outras três provas para o desfecho do campeonato. Com 166 pontos, Matheus abriu 47 para Samaia, sendo que restam 45 em jogo até 11 de dezembro, em Interlagos.
 
A se lamentar a quantidade de carros que terminaram a corrida neste sábado. Com muito esforço, Cesário e Hitech Racing, as duas equipes que vieram para Goiânia, conseguem sustentar a categoria em pé depois de um ano marcado por uma série de dificuldades, sobretudo econômicas. A perspectiva é da adoção de uma série de medidas para atrair pontos e equipes e tornar novamente a F3 Brasil forte para a próxima temporada.
Matheus Iorio cruza a linha de chegada e conquista o título da F3 Brasil (Foto: Marcus Cicarello)
Nesta tarde, apenas quatro pilotos viram a bandeira quadriculada. Iorio na frente, Guilherme Samaia em segundo e Pedro Caland completaram o pódio, enquanto Christian Hahn, que queimou a largada e cumpriu punição, fechou a lista.
 
A rodada dupla de Goiânia terá seu desfecho com a corrida 2, que terá largada a partir das 9h25 (horário brasileiro de verão) deste domingo no Autódromo Internacional Ayrton Senna.
 
Saiba como foi a corrida 1 da F3 Brasil em Goiânia
 
A corrida foi praticamente definida na primeira volta da prova. Pole-position, Christian Hahn queimou a largada de forma bastante visível e logo seria punido com um drive-through. Iorio, por sua vez, conseguiu superar até com tranquilidade o seu companheiro de equipe, Guilherme Samaia, que perdeu também a posição para Thiago Vivacqua.
 
Com a ida de Hahn para os boxes para cumprir punição, Iorio ficou com o caminho livre para seguir para a vitória na quente Goiânia e confirmar o título da temporada. Era apenas uma questão de tempo e de o equipamento resistir os 30 minutos e mais uma volta de prova nesta tarde.
 
A corrida tinha um ritmo tranquilo na frente, com Iorio administrando bem a vantagem para Vivacqua, que era pressionado por Samaia, e Caland vindo em quarto lugar. Dennis Dirani, que completava o grid com o carro Light da Cesário, fazia sua prova à parte, enquanto Hahn acelerava para buscar o máximo possível de pontos depois de cumprir a punição.
 
Chamado para completar o grid em Goiânia, Dirani abandonou a prova nas voltas iniciais, deixando a corrida sem carros da categoria Light. A disputa, então, contava com apenas cinco pilotos. Iorio tranquilo na frente, Vivacqua segurando Samaia, Caland mais atrás e Hahn buscando a recuperação.
Matheus Iorio se emociona com o título conquistado neste sábado (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
Nas voltas finais, Vivacqua enfrentou problemas com seu carro, o #36 da equipe Hitech, e não conseguiu segurar Samaia, que fez a ultrapassagem sem problemas. Thiago se revoltou com a pane, já que estava prestes a conquistar mais um pódio no campeonato. A corrida, portanto, tinha apenas quatro carros na pista: Iorio, Samaia, Caland e Hahn.
 
Em que pese os problemas que afetaram a categoria ao longo da temporada, Iorio confirmou o título, que veio na esteira de um grande domínio durante 2016 e viu a bandeirada após pouco mais de 30 minutos de corrida e, de quebra, confirmou o principal título da sua curta carreira no automobilismo, sendo o terceiro campeão desta nova fase da F3 Brasil.
 

Últimas Notícias
sexta-feira, 24 de março de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
quinta-feira, 23 de março de 2017
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook