F3
05/11/2016 14:31

Iorio vence fácil em Goiânia e conquista por antecipação título da temporada 2016 da F3 Brasil

Com direito a uma vitória sem sustos, Matheus Iorio confirmou as expectativas e garantiu, com três corridas de antecipação, o título da temporada 2016 da F3 Brasil. O paulista da Cesário, em seu terceiro ano na categoria, assegurou a taça depois de vencer nove das 13 corridas até agora no campeonato
Warm Up, de Goiânia
FERNANDO SILVA, de Goiânia
Matheus Iorio começou o fim de semana ciente de que faltava pouco, muito pouco para confirmar o título da F3 Brasil em Goiânia na quente tarde deste sábado (5). Bastava marcar um ponto a mais em relação ao vice-líder, Guilherme Samaia, para faturar a taça por antecipação. Mas o paulista de 19 anos fez mais do que meros pontos e garantiu o principal título da sua carreira até agora com uma vitória tranquila, como foi toda a temporada 2016. Depois de três anos, sendo um na classe Light e outros dois na série principal, Matheus Iorio agora pode soltar o grito e comemorar que é campeão da F3 Brasil.
 
O resultado deste sábado coroa uma série vitoriosa de Iorio na temporada. Foram nove vitórias em 13 corridas disputadas, restando outras três provas para o desfecho do campeonato. Com 166 pontos, Matheus abriu 47 para Samaia, sendo que restam 45 em jogo até 11 de dezembro, em Interlagos.
 
A se lamentar a quantidade de carros que terminaram a corrida neste sábado. Com muito esforço, Cesário e Hitech Racing, as duas equipes que vieram para Goiânia, conseguem sustentar a categoria em pé depois de um ano marcado por uma série de dificuldades, sobretudo econômicas. A perspectiva é da adoção de uma série de medidas para atrair pontos e equipes e tornar novamente a F3 Brasil forte para a próxima temporada.
Matheus Iorio cruza a linha de chegada e conquista o título da F3 Brasil (Foto: Marcus Cicarello)
Nesta tarde, apenas quatro pilotos viram a bandeira quadriculada. Iorio na frente, Guilherme Samaia em segundo e Pedro Caland completaram o pódio, enquanto Christian Hahn, que queimou a largada e cumpriu punição, fechou a lista.
 
A rodada dupla de Goiânia terá seu desfecho com a corrida 2, que terá largada a partir das 9h25 (horário brasileiro de verão) deste domingo no Autódromo Internacional Ayrton Senna.
 
Saiba como foi a corrida 1 da F3 Brasil em Goiânia
 
A corrida foi praticamente definida na primeira volta da prova. Pole-position, Christian Hahn queimou a largada de forma bastante visível e logo seria punido com um drive-through. Iorio, por sua vez, conseguiu superar até com tranquilidade o seu companheiro de equipe, Guilherme Samaia, que perdeu também a posição para Thiago Vivacqua.
 
Com a ida de Hahn para os boxes para cumprir punição, Iorio ficou com o caminho livre para seguir para a vitória na quente Goiânia e confirmar o título da temporada. Era apenas uma questão de tempo e de o equipamento resistir os 30 minutos e mais uma volta de prova nesta tarde.
 
A corrida tinha um ritmo tranquilo na frente, com Iorio administrando bem a vantagem para Vivacqua, que era pressionado por Samaia, e Caland vindo em quarto lugar. Dennis Dirani, que completava o grid com o carro Light da Cesário, fazia sua prova à parte, enquanto Hahn acelerava para buscar o máximo possível de pontos depois de cumprir a punição.
 
Chamado para completar o grid em Goiânia, Dirani abandonou a prova nas voltas iniciais, deixando a corrida sem carros da categoria Light. A disputa, então, contava com apenas cinco pilotos. Iorio tranquilo na frente, Vivacqua segurando Samaia, Caland mais atrás e Hahn buscando a recuperação.
Matheus Iorio se emociona com o título conquistado neste sábado (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
Nas voltas finais, Vivacqua enfrentou problemas com seu carro, o #36 da equipe Hitech, e não conseguiu segurar Samaia, que fez a ultrapassagem sem problemas. Thiago se revoltou com a pane, já que estava prestes a conquistar mais um pódio no campeonato. A corrida, portanto, tinha apenas quatro carros na pista: Iorio, Samaia, Caland e Hahn.
 
Em que pese os problemas que afetaram a categoria ao longo da temporada, Iorio confirmou o título, que veio na esteira de um grande domínio durante 2016 e viu a bandeirada após pouco mais de 30 minutos de corrida e, de quebra, confirmou o principal título da sua curta carreira no automobilismo, sendo o terceiro campeão desta nova fase da F3 Brasil.
 


Últimas Notícias
domingo, 19 de novembro de 2017
Stock Car
Stock Car
Brasileiro de Marcas
Stock Car
Stock Car
Endurance
Rali
Nascar
Brasileiro de Turismo
Motociclismo
Endurance
F3
Motociclismo
Stock Car
F1
Galerias de Imagens
Facebook