F3
06/11/2016 10:00

Por aumento de competitividade e grids mais cheios, F3 Brasil anuncia pacote de medidas para temporada 2017

Uma das principais medidas será a equalização dos motores para todos os carros, tanto da categoria A como também da classe Light. A Vicar, empresa que promove e organiza a F3 Brasil, tem como grande objetivo deixar o certame mais atraente a jovens talentos e também mais competitivo. As medidas vão entrar em vigor a partir da temporada 2017
Warm Up, de Goiânia
FERNANDO SILVA, de Goiânia

Categoria concebida para formar jovens talentos do automobilismo brasileiro nos monopostos, a F3 Brasil luta para ser mais competitiva e atraente a pilotos, equipes e patrocinadores. Na manhã deste domingo (6), um dia depois de Matheus Iorio confirmar por antecipação o título da temporada 2016, a Vicar, empresa que promove e organiza o certame, anunciou um pacote de medidas que busca fazer com que a F3 Brasil se torne mais competitiva e tenha grids mais cheios, cumprindo seu papel de escola para os pilotos que queiram seguir carreira nos monopostos, dando aqui no Brasil o primeiro passo. As novidades vão entrar em vigor a partir de 2017.
 
As medidas buscam, acima de tudo, reforçar o caráter de grande vitrine dos novos talentos do automobilismo brasileiro. No começo da temporada, a F3 Brasil teve mais de 15 carros no grid, mas fatores como a crise econômica e o grande domínio da Cesário afugentou pilotos e equipes. Em Goiânia, neste fim de semana, a categoria contava com apenas cinco pilotos: Iorio, Guilherme Samaia e Christian Hahn, da Cesário; Thiago Vivacqua e Pedro Caland, da Hitech. Dennis Dirani foi chamado pela Cesário para guiar um carro da Light e completar o grid
 
Pilotos como Carlos Cunha, Matheus Muniz, Igor Fraga e Artur Fortunato, por exemplo, não deram sequência à participação na temporada. A Prop Car Racing, time de Dárcio dos Santos, uma das grandes figuras da F3, disputou até a etapa de Interlagos, ficando de fora a partir da etapa de Londrina.
Medidas anunciadas pela Vicar buscam garantir uma F3 Brasil mais forte, competitiva e atraente (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Assim, uma das principais novidades é a equalização dos motores de todos os carros, tanto da categoria A como também da Light. O procedimento deverá ser feito nos moldes do que acontece hoje na Stock Car. Atualmente, os motores da F3 Brasil são fabricados pela marca argentina Berta.
 
A categoria Light, que funciona como o primeiro passo para um piloto que quer seguir carreira nos monopostos depois de sair do kart, ganhou atenção especial da F3 Brasil neste pacote de medidas. Outra novidade é que a aquisição dos dados dos carros vai ser compartilhada entre todos os pilotos da Light, o que deve proporcionar um maior aprendizado entre os jovens talentos.
 
Outra novidade, anuncia Maurício Slaviero, diretor-geral da Vicar, consiste na busca por um modelo que torne a categoria Light mais viável economicamente. “Estamos estudando um pacote de incentivos e subsídios para a classe Light, considerada a porta de saída do kart e a entrada para os carros de competição mais potentes”, comentou o empresário paranaense.
 
Uma das mudanças, porém, entrou em vigor neste ano, a partir da rodada dupla de Londrina. Até então, apenas a classe principal da F3 Brasil contava com os pneus importados da Pirelli, enquanto os competidores da categoria Light contavam com a versão nacional. Agora, as duas categorias tem acesso aos mesmos pneus importados.
 

“Foi uma alteração que se mostrou muito oportuna, pois a tendência é que um piloto que correu na Light faça depois a mudança para a classe A. E ter os mesmos pneus à disposição já ajuda muito na adaptação”, disse Slaviero.
 
Neste fim de semana em Goiânia, mais precisamente na corrida 1, no sábado, a F3 Brasil disponibilizou a transmissão ao vivo por meio do seu canal oficial no YouTube, medida que também visa aumentar a exposição da categoria em si, dos pilotos, equipes e das marcas dos patrocinadores.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha 'in loco' o desenrolar do fim de semana das etapas da F3 Brasil, além da Stock Car e do Mercedes-Benz Challenge no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia.

Últimas Notícias
sábado, 25 de março de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
sexta-feira, 24 de março de 2017
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook