F3
18/03/2017 10:50

Samaia aproveita problema de Baptista na largada e vence com folga na abertura da temporada 2017 da renovada F3 Brasil

A primeira corria da F3 Brasil, que agora faz parte do rol de eventos da Porsche GT3 Cup, contou com 13 carros no grid em Curitiba. A disputa foi vencida, na categoria principal, por Guilherme Samaia, vice-campeão na temporada passada. E Marcel Coletta levou a melhor na batalha contra Enzo Elias para triunfar na nova F3 Academy, sucessora da F3 Light
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré
 
A primeira corrida da temporada 2017 da F3 Brasil, repaginada após agora se tornar parte do rol de eventos da Porsche GT3 Cup, foi realizada na manhã deste sábado (18), em Curitiba. Com 13 carros no grid, a disputa contou com um velho conhecido na pole-position: Vitor Baptista, que disputou no ano passado a F-V8 3.5 (hoje novamente World Series). Mas o piloto da Full Time, que volta à F3, enfrentou problemas na largada e ficou para trás. Levou a melhor quem estava ao seu lado na primeira fila. Guilherme Samaia, da Cesário, tirou proveito do problema do carro #5 de Baptista e liderou sem problemas as 26 voltas da corrida. 
 
Pedro Caland, da Hitech, fechou a prova em segundo, enquanto Murilo Coletta, exímio kartista que faz sua estreia na F3 Brasil como piloto da Cesário, completou o pódio. Leonardo Souza foi o quarto. O quinto na classificação geral e vencedor na F3 Academy, nova roupagem da antiga F3 Brasil Light, foi Marcel Coletta. Entretanto, o novato, irmão de Murillo, teve de luar até à reta final contra Enzo Elias, que terminou em segundo na F3 Academy e em sexto na classificação geral.
 
O desfecho da rodada dupla que abre a temporada 2017 da F3 Brasil acontece com a realização da corrida 2 logo mais, no começo da tarde deste sábado.
Guilherme Samaia venceu a prova que abriu a temporada 2017 da F3 Brasil (Foto: Luca Bassani)
Saiba como foi a corrida 1 da F3 Brasil em Curitiba 
 
A renovada F3 Brasil abriu a temporada 2017 na manhã deste sábado com a disputa da corrida 1 da rodada de Curitiba. A prova teve a pole de Victor Baptista, que voltou à categoria para fazer a rodada dupla deste fim de semana como piloto convidado da Full Time, que retorna à F3 nesta temporada. A primeira fila era completada por Guilherme Samaia, vice-campeão do ano passado e piloto da Cesário. Na nova F3 Academy, que substitui a antiga F3 Light, a pole ficou com Igor Fraga, da Prop Car Racing.
 
Mas as esperanças de Baptista em voltar a vencer na F3 Brasil ficaram logo no começo. Uma falha no seu carro impediu o piloto de largar junto com seus pares, e Samaia pulou para a ponta desde a primeira curva. Baptista só conseguiu partir 45s depois, tendo de remar para se recuperar. Samaia já abriu boa vantagem para Pedro Caland, da Hitech, enquanto Leonardo de Souza aparecia em terceiro.
 
Igor Fraga também enfrentava problemas e encostava na área de escape no gramado do circuito de Curitiba. Rafael Barranco, também piloto da Full Time, dava uma escapada da pista e tocava na barreira de pneus, ficando de fora da prova. 
 
Enquanto isso, Baptista buscava a recuperação e já subia para oitavo lugar. Destaque para Giuliano Raucci, quarto colocado, seguido pelos talentosos kartistas e estreantes na F3 Brasil: Murilo Coletta e seu irmão, Marcel Coletta, quinto e sexto, respectivamente.
 
Samaia abria boa vantagem para Caland, quase 10s com sete voltas completadas. Leonardo Souza seguia em terceiro, à frente de Murilo Coletta e Giuliano Raucci, com Marcel Coletta em sexto e Baptista subindo o pelotão e já chegando à sétima posição. Duas voltas depois, Vitor já subia para a sexta colocação da prova, passando Marcel Coletta, que era o primeiro colocado da F3 Academy.
 
A recuperação de Baptista teve fim na 15ª volta, quando o piloto levou seu carro #5 aos boxes da Full Time e encerrou sua participação na prova. Lá na frente, Samaia fazia uma corrida segura e negociava bem as ultrapassagens com os retardatários, caminhando para uma vitória tranquila na abertura da renovada F3 Brasil em 2017. Caland vinha em segundo e não era pressionado. Murilo Coletta, por sua vez, passava Leonardo Souza para subir para o top-3.
 
O cenário permaneceu o mesmo nas voltas finais da etapa de abertura em Curitiba. Samaia dominando a prova, Caland bem atrás e Murilo Coletta fechando o pódio. Raucci, por sua vez, abandonava a disputa. Assim, Enzo Elias subia para sexto no geral e segundo colocado na F3 Academy, com Pedro Goulart em terceiro colocado.
 
Ao fim de 26 voltas, Samaia cruzou a linha de chegada em primeiro e ainda marcou a melhor volta da prova, 1min12s598. Caland fechou a disputa em segundo, 27s305 atrás, enquanto Murilo Coletta completou o pódio, com Leonardo Souza em quarto. A disputa pela vitória na F3 Academy foi acirrada até o fim, com Marcel Coletta cruzando apenas milésimos à frente de Enzo Elias. Pedro Goulart completou o pódio da categoria.

PADDOCK GP #69 DEBATE ABERTURA DA INDY, TESTES DA F1 E MOTOGP E LEMBRA JOHN SURTEES


Últimas Notícias
sexta-feira, 26 de maio de 2017
Indy
Nascar
Indy
MotoGP
F1
Indy
MotoGP
Indy
F2
F1
MotoGP
Superbike
MotoGP
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook