F2
19/06/2016 12:29

Em corrida 2 recheada de acidentes, Giovinazzi ignora grid invertido e vence segunda do final de semana em Baku

Antonio Giovinazzi sai do Azerbaijão com o final de semana perfeito: duas vitórias em duas provas e o elevador pego para o terceiro lugar do campeonato. Nada mal para o novato vindo da F3 Euro que ainda nem tinha conseguido beliscar um top-10
Warm Up
Redação GP, Rio de Janeiro

O italiano Antonio Giovinazzi ainda não tnha vencido na temporada de estreia da GP2, então aproveitou logo o final de semana do Azerbaijão para faturar duas baterias. Neste domingo (19), o piloto da Prema chegou a ser o oitavo colocado, mas conseguiu ir escalando para mais uma vitória. 
 
E a corrida 2 em Baku teve um monte de problemas. Não na largada em si, que viu Nobuharu Matsuhita mergulhando de terceiro para a ponta do grid parcialmente reverso e saindo na frente. Talvez seguisse disparando não fosse o safety-car chamado depois da batida entre Jordan King e Jimmy Eriksson, que disputavam nono lugar na volta oito.
 
Na relargada, enquanto Matsuhita quase passava o safety-car, Oliver Rowland e Daniel de Jong até cruzaram o ponteiro, mas acabaram saindo direto na curva 1. Só aí, Sergey Sirotkin ganhou duas colocações grátis.
Giovinazzi venceu corrida cheia de problemas (Foto: GP2)
O safety-car voltou quando Philo Paz Armand abandonou a prova também. Na relargada, Matsuhita tentou segurar mais enquanto o carro de segurança saía, mas a tática acabou fazendo com que vários pilotos se encontrassem juntos na reta. Assim, Gustav Malja cravou a traseira de Mitch Evans. Rowland acabou envolvido no acidente, assim como Evans e Sean Gelael.
 
Quem foi ganhando espaço na confusão foi Raffaele Marciello, mas o ex-pupilo ferrarista foi acertado por Matsuhita quando atacou pela liderança depois da terceira relargada. Desta forma, Pierre Gasly, que largara em 18º, se viu líder e seguido por Giovinazzi.
 
Daí em diante, as últimas cinco voltas foram uma corrida pelo dinheiro. Giovinazzi conseguiu passar, mesmo sem usar a asa móvel, após Gasly passar do ponto na curva um do último giro. Sirotkin, mesmo depois do toque em Matsuhita e a grande avaria na asa, foi terceiro.
 
Jordan King, Artem Markelov, Sergio Canamasas, Nabil Jeffri, Arthur Pic, Alex Lynn e Marvin Kirchhöfer foram aos pontos. Após três etapas e seis corridas, o campeonato é liderado por Markelov, que tem 54 pontos e é seguido de perto por Norman Nato, com 49, e Giovinazzi, com 46.
 
PADDOCK GP #33 ANALISA GP DO CANADÁ E FAZ PRÉVIA DO GP DA EUROPA



Últimas Notícias
domingo, 22 de outubro de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Stock Car
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook