GP2
28/11/2016 10:00

Formados na Academia da Ferrari, Leclerc e Fuoco fecham com Prema e disputam temporada 2017 da GP2

Campeã com sobras da sua primeira temporada na GP2 neste ano, a equipe italiana Prema anunciou sua nova dupla de pilotos para 2017. Depois de ver Pierre Gasly alcançar o título, com Antonio Giovinazzi ficando com o vice, agora o time vai contar com outros talentos lapidados na Academia da Ferrari: Charles Leclerc, campeão da GP3, e Antonio Fuoco, terceiro colocado no certame
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 
O grid da GP2 na temporada 2017 terá dois jovens talentos que foram forjados na Academia de Pilotos da Ferrari. A equipe italiana Prema anunciou nesta segunda-feira (28) a contratação de Charles Leclerc, monegasco de 19 anos e novo campeão da GP3, e do italiano Antonio Fuoco, de 20 anos, terceiro colocado no certame neste ano. Assim, a Prema, equipe que dominou a GP2 no seu ano de estreia, levando Pierre Gasly ao título e Antonio Giovinazzi ao vice-campeonato, terá uma dupla de pilotos completamente nova para o ano que vem.
 
Oriundo da novíssima geração de pilotos que aspira chegar à F1, Leclerc teve boas experiências ao volante do VF-16 da Haas, participando de quatro sessões de treinos livres às sextas-feiras da F1, deixando boa impressão. Fuoco, membro da Academia de Pilotos da Ferrari desde 2013, já esteve ao volante do carro de Maranello na F1 em duas oportunidades: uma no ano passado na Áustria, e outra em 2016, na Catalunha, participando de testes de intertemporada.
Antonio Fuoco e Charles Leclerc são os novos pilotos da Prema para a GP2 (Foto: Prema Powerteam)
Para Fuoco, trata-se de um retorno à Prema, equipe pela qual foi campeão da F-Renault ALPS em 2013, superando nomes como Luca Ghiotto, que já corre na GP2, e o brasileiro Bruno Bonifacio.
 
Leclerc, por sua vez, comemorou a chance de dar um salto na carreira e disputar a sempre competitiva e difícil GP2. “Estou muito feliz por disputar a temporada 2017 da GP2 com a Prema e com a Academia de Pilotos da Ferrari. Mal posso esperar para começar a me preparar para este novo e emocionante desafio”, disse.
 
“Depois de ter completado minha experiência na GP3 da melhor forma, vou continuar dando 100% para conquistar resultados positivos. Estou certo de que o apoio da atual campeã, que terminou em primeiro e segundo na classificação de 2016, vai ser crucial”, complementou.
 
Fuoco comemorou a chance de voltar a correr ‘em casa’. “Disputar a GP2 em 2017 vai ser particularmente emocionante, e fazê-lo com uma equipe italiana, que é a atual campeã, vai me dar ainda mais motivação para fazê-lo bem. Já corri com a Prema no passado e sei do alto nível de rendimento dos seus carros, como confirmam os resultados que eles conseguiram neste ano”, comentou o italiano.
 
“Acho que a combinação das duas marcas, Prema e Academia de Pilotos da Ferrari, definitivamente vai nos dar muito sucesso e vamos continuar crescendo pessoal e profissionalmente, concluiu Fuoco.
 

Últimas Notícias
terça-feira, 17 de janeiro de 2017
F1
Indy
F-E
F1
F1
World Series
F1
F1
Warm Up
F1
F1
segunda-feira, 16 de janeiro de 2017
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook