GP2
09/07/2016 17:46

Gasly acerta na estratégia, fatura primeira vitória na GP2 em Silverstone e assume liderança do campeonato

Pierre Gasly enfim tira um peso de suas costas. Neste sábado (9), o piloto soube aproveitar a boa estratégia de sua equipe para faturar sua primeira vitória na GP2. Isso encerrou um jejum de três anos sem triunfos
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Pierre Gasly enfim pode respirar aliviado, pois neste sábado (9) o piloto faturou sua primeira vitória na GP2 após ganhar a corrida 1 em Silverstone. Ele, que largou da segunda posição do grid, soube se aproveitar da boa estratégia de pneus de sua equipe.

A conquista, ainda, pode enfim colocar um ponto final em uma 'maldição' que persegue o nome do francês. O motivo é que ele é conhecido como o piloto que nunca vence. Em 2014 chegou a ser vice-campeão da World Series, perdendo o título para Carlos Sainz Jr. No entanto, durante toda a temporada não subiu uma só vez ao degrau mais alto do pódio.

Então, ao vencer neste sábado, Gasly encerrou um jejum de três anos sem conquistas. A última vez que havia subido no degrau mais alto do pódio foi quando ainda disputava a Renault 2.0, em 2013. Hoje, ele assume a liderança da categoria de acesso à F1 por apenas dois pontos.
Gasly comemora sua primeira vitória na GP2 (Foto: Reprodução/Twitter)

Diferente da última etapa, na Áustria, em Silverstone o safety-car não foi necessário em nenhum momento da prova, que quase não teve incidentes. Ainda, todos os pilotos cruzaram a linha de chegada.

Gasly largou com pneus macios, o que se mostrou ser a melhor estratégia. Logo ele estava dando voltas mais rápido que o pole-position Norman Nato. Consequentemente parou mais tarde, ganhando a posição e então a vitória.
 
Quem terminou na segunda colocação foi o companheiro do vencedor, Antonio Giovinazzi, enquanto o titular da MP Motorsport, Oliver Rowlands, foi quem completou o pódio deste sábado.
 
Mitch Evans, Luca Ghiotto, Nobuharu Matsushita, Nato, Jordan King, Raffaele Marciello e Artem Markelov foram os pilotos que fecharam o top-10 da corrida 1.

GP2, Silverstone, Corrida 1:

1 PIERRE GASLY FRA PREMA 51:39.383 29 voltas
2 ANTONIO GIOVINAZZI ITA PREMA +9.422  
3 OLIVER ROWLAND ING MP +11.090  
4 MITCH EVANS NZL CAMPOS +21.667  
5 LUCA GHIOTTO ITA TRIDENT +24.591  
6 NOBUHARU MATSUSHITA JAP ART +25.165  
7 NORMAN NATO FRA RACING ENGINEERING +25.474  
8 JORDAN KING ING RACING ENGINEERING +25.651  
9 RAFFAELE MARCIELLO ITA RUSSIAN TIME +31.757  
10 ARTEM MARKELOV RUS RUSSIAN TIME +33.115  
11 NICHOLAS LATIFI CAN DAMS +34.220  
12 MARVIN KIRCHHÖFER ALE CARLIN +34.409  
13 SERGIO CANAMASAS ESP CARLIN +37.898  
14 ARTHUR PIC FRA RAPAX +42.610  
15 JIMMY ERIKSSON SUE ARDEN +55.205  
16 ALEX LYNN ING DAMS +56.604  
17 NABIL JEFFRI MAS ARDEN +57.490  
18 SERGEY SIROTKIN RUS ART +1:02.096  
19 DANIËL DE JONG HOL MP +1:23.661  
20 PHILO PAZ ARMAND IDN TRIDENT +1:39.764  
21 SEAN GELAEL IDN CAMPOS +1 volta  
22 GUSTAV MALJA SUE RAPAX +1 volta  
 
PADDOCK GP #36 ANALISA FIM DE SEMANA DE POLÊMICAS NA F1 E NA F-E


Diferente da última etapa, na Áustria, em Silverstone o safety-car não foi necessário em nenhum momento da prova, que quase não teve incidentes. Ainda, todos os pilotos cruzaram a linha de chegada.
Últimas Notícias
quinta-feira, 19 de janeiro de 2017
Rali
Rali
F-E
Outras
MotoGP
MotoGP
F1
Indy
MotoGP
MotoGP
F1
F1
Rali
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook