F2
02/10/2016 03:51

Ghiotto segura Marciello na corrida 2 da Malásia e se torna décimo piloto a diferente a vencer na temporada da GP2

Luca Ghiotto tomou a liderança pouco depois da largada e se afastou na frente em determinado ponto da prova. Mas ainda teve de lidar com pressão de Raffaele Marciello no fim para vencer pela primeira vez na GP2. Pierre Gasly, em terceiro, tirou um pouco da vantagem de Antonio Giovinazzi, quarto colocado, na ponta do camepeonato
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

Depois de uma corrida impressionante e que teve grandes implicações no rumo do campeonato no sábado, a segunda prova da GP2 na Malásia, na madrugada deste domingo (2), teve um vencedor estreante. Luca Ghiotto ganhou a primeira na categoria. Pierre Gasly chegou em terceiro e marcou quatro pontos a mais que seu rival na luta pelo título, Antonio Giovinazzi, o quarto colocado.
 
Ghiotto largou no segundo lugar e pulou para a liderança logo na saída da curva dois, quando passou o pole Mituch Evans. Raffaele Marciello deixava evidente que estava na briga, tentando se esgueirar à frente de Evans de qualquer forma.
 
Tanto Gasly quanto Giovinazzi perderam espaço na largada, mas a corrida foi posta em espera com a batida dos companheiros de equipe Norman Nato e Jordan King na segunda volta. Nato abandonou e ficou no meio da pista, enquanto King seguiu, mas foi considerado culpado pela batida na traseira do companheiro e recebeu um drive-through.
 
Na relargada, Ghiotto se destacou e Marciello passou Evans. Os dois líderes do campeonato deixaram Sergey Sirotkin para trás - o russo tinha um problema na caixa de câmbio que o obrigou a abandonar a corrida um pouco depois. Giovinazzi, junto de Oliver Rowland, passou por King, mas acabou empurrado para fora pelo último campeão da World Series e perdeu de volta para King e Gasly. E aí os dois deixaram King para trás outra vez.
Luca Ghiotto comemora primeira vitória na categoria (Foto: GP2)
Juntos, Gasly e Giovinazzi começaram a limpar o caminho. Ultrapassaram Gustav Malja, Rowland e Evans. Na frente, Marciello pressionava Ghiotto - sem muito sucesso. Luca se tornou o décimo vencedor diferente na temporada. 
 
Marciello e Gasly foram ao pódio, com Giovinazzi, Malja, Evans, Nobuharu Matsushita, Rowland, Johnny Cecotto e Nicholas Latifi formando o top-10.
 
Com apenas as duas corridas da etapa de Abu Dhabi para o final da temporada, Giovinazzi lidera com 197 pontos contra 190 de Gasly. Contando que 40 pontos ainda estão em jogo, Marciello, com 158, ainda tem chances matemáticas. A etapa final acontece no final de semana dos dias 1 e 2 de dezembro.
 
PADDOCK GP #48 RECEBE DENNIS DIRANI E DISCUTE MOTOGP, STOCK CAR E F1


Últimas Notícias
sexta-feira, 24 de março de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
quinta-feira, 23 de março de 2017
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook