F2
17/06/2016 19:49

Giovinazzi mostra ritmo dominante durante classificação da GP2 em Baku e conquista pole-position

O estreante da GP2 Antonio Giovinazzi mostrou que sabe bem andar em circuitos de rua. Em sua terceira classificação pela categoria, nessa sexta-feira (17) o piloto não deu chances para os adversários e conquistou a pole-position para o GP da Europa
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Antonio Giovinazzi foi certeiro para coseguir a pole-position em Baku. Na tarde desta sexta-feira (17) o piloto registrou a marca de 1min51s752 para assim conquistar a posição de honra do grid de largada deste sábado.
 
A sessão classificatória da GP2 foi adiada para depois dos treinos livres da F1. O motivo foram os problemas que as zebras causaram nos pneus da categoria, que apresentaram rasgos. No entanto, a FIA já tomou atitudes e realizará mudanças no circuito durante a noite.
 
O estreante da categoria de acesso à F1 já havia mostrado que tinha bom desempenho em traçados de rua na F-3 no último ano, então durante toda a sessão era ele quem os adversários tinham que superar.
Giovinazzi conquistou a pole (Foto: Reprodução/Twitter)
Logo em sua primeira volta rápida Giovinazzi já começou liderando o pelotão. No entanto, a primeira parte da classificação foi interrompida por uma bandeira vermelha após Paz Armand e Daniel del Jong escaparem na curva 3 e não conseguirem voltar.
 
No segundo giro, Sergey Sirotkin chegou a tomar a pole-position provisória, mas seu tempo não foi suficiente e o italiano logo acabou superando-o por 0s6.
 
Então foi a vez de Nobuharu Matsushita, companheiro do russo, a tentar ficar na ponta da tabela. Mas mais uma vez Giovinazzi superou o adversário, agora pela diferença mínima de 0s089 para não sair mais do topo.
 
É o japonês da ART quem largará na segunda colocação, com Sirotkin aparecendo em terceiro. Raffaele Marciello sairá do quarto posto, enquanto Luca Ghiotto e Oliver Rowland completam o rol dos seis primeiros do grid.

Que tal participar do Fantasy F1 e concorrer a prêmios? Inscreva-se no 'Fantasy F1 Grand Prix du Europa (RtAD) 2016'.

Funciona assim: forme uma equipe com um orçamento de 115 milhões de euros. Seus pilotos marcarão pontos com base nos resultados das corridas (pontos de corrida) e na diferença entre a posição final e a posição da qualificação (pontos de bônus).

Ficou interessado? Vem e entre nesta com a gente.
 
PADDOCK GP #33 ANALISA GP DO CANADÁ E FAZ PRÉVIA DO GP DA EUROPA



Últimas Notícias
sábado, 19 de agosto de 2017
Indy
Seletiva BR
Indy
F3
Rali
Indy
Indy
Nascar
Indy
F3
F3
DTM
Indy
Superbike
F1
Galerias de Imagens
Facebook