F2
17/06/2016 19:49

Giovinazzi mostra ritmo dominante durante classificação da GP2 em Baku e conquista pole-position

O estreante da GP2 Antonio Giovinazzi mostrou que sabe bem andar em circuitos de rua. Em sua terceira classificação pela categoria, nessa sexta-feira (17) o piloto não deu chances para os adversários e conquistou a pole-position para o GP da Europa
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Antonio Giovinazzi foi certeiro para coseguir a pole-position em Baku. Na tarde desta sexta-feira (17) o piloto registrou a marca de 1min51s752 para assim conquistar a posição de honra do grid de largada deste sábado.
 
A sessão classificatória da GP2 foi adiada para depois dos treinos livres da F1. O motivo foram os problemas que as zebras causaram nos pneus da categoria, que apresentaram rasgos. No entanto, a FIA já tomou atitudes e realizará mudanças no circuito durante a noite.
 
O estreante da categoria de acesso à F1 já havia mostrado que tinha bom desempenho em traçados de rua na F-3 no último ano, então durante toda a sessão era ele quem os adversários tinham que superar.
Giovinazzi conquistou a pole (Foto: Reprodução/Twitter)
Logo em sua primeira volta rápida Giovinazzi já começou liderando o pelotão. No entanto, a primeira parte da classificação foi interrompida por uma bandeira vermelha após Paz Armand e Daniel del Jong escaparem na curva 3 e não conseguirem voltar.
 
No segundo giro, Sergey Sirotkin chegou a tomar a pole-position provisória, mas seu tempo não foi suficiente e o italiano logo acabou superando-o por 0s6.
 
Então foi a vez de Nobuharu Matsushita, companheiro do russo, a tentar ficar na ponta da tabela. Mas mais uma vez Giovinazzi superou o adversário, agora pela diferença mínima de 0s089 para não sair mais do topo.
 
É o japonês da ART quem largará na segunda colocação, com Sirotkin aparecendo em terceiro. Raffaele Marciello sairá do quarto posto, enquanto Luca Ghiotto e Oliver Rowland completam o rol dos seis primeiros do grid.

Que tal participar do Fantasy F1 e concorrer a prêmios? Inscreva-se no 'Fantasy F1 Grand Prix du Europa (RtAD) 2016'.

Funciona assim: forme uma equipe com um orçamento de 115 milhões de euros. Seus pilotos marcarão pontos com base nos resultados das corridas (pontos de corrida) e na diferença entre a posição final e a posição da qualificação (pontos de bônus).

Ficou interessado? Vem e entre nesta com a gente.
 
PADDOCK GP #33 ANALISA GP DO CANADÁ E FAZ PRÉVIA DO GP DA EUROPA



Últimas Notícias
sexta-feira, 23 de junho de 2017
Indy
F1
F1
Indy
MotoGP
F1
F1
F1
F1
Indy
F1
Endurance
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook