GP2
29/07/2016 11:42

Piloto da GP2, Canamasas toma atitude rara, alega 'falta de ritmo' e abandona Carlin antes da etapa da Alemanha

Veterano de 30 anos, Sergio Canamasas usou o Twitter para filosofar e desabafar. Insatisfeito, o espanhol abandonou a sua equipe, a Carlin, às vésperas da etapa da Alemanha da GP2. Em seu lugar entrará o austríaco René Binder
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

Em um mundo extremamente competitivo como é o do automobilismo, onde muitas vezes o ego fala mais alto, é raro ver um piloto tomar a decisão de largar tudo quando nota que as coisas não dão certo. Mas foi assim, publicamente, que Sergio Canamasas, piloto da GP2, agiu para justificar sua saída da equipe Carlin. O espanhol, veterano de 30 anos que estava na categoria desde 2012, nem corre na etapa da Alemanha, que acontece neste fim de semana em Hockenheim.
 
Num ato de sinceridade, Canamasas usou o Twitter para filosofar e desabafar. “Às vezes é preciso retroceder dois passos para avançar um”, escreveu o piloto espanhol.
Sergio Canamasas no seu último pódio na GP2, conquistado no ano passado em Mônaco (Foto: GP2)
Ao ver que a notícia da chegada de René Binder, austríaco que vai substituí-lo no cockpit da Carlin neste fim de semana na Alemanha, logo Canamasas veio a público para afirmar que, na verdade, ele saiu da equipe por vontade própria.  
 
“Estou escutando palavras como substituído. Nada mais longe da realidade. Quem saiu fui eu. Muitas coisas se juntaram. Muitas punições injustas, acidentes injustos, falta de ritmo. Muito esforço para tão pouco”, admitiu Canamasas.

 
O retrospecto do piloto, nascido em Barcelona, é bastante modesto no automobilismo. Sem jamais ter sido campeão, Canamasas reúne passagens sem brilho pela F3 Espanhola e pela antiga World Series, em 2011. No ano seguinte, correu pela GP2, num ciclo que durou até o último fim de semana na Hungria.
 

Em 82 corridas disputadas, Canamasas subiu ao pódio apenas duas vezes, as duas em Mônaco, tendo como melhor resultado o segundo lugar na corrida 1 da rodada dupla em 2014. Em termos de campeonato, sua melhor colocação foi o modesto 14º posto, justamente na temporada 2014.
 
No momento, o piloto só quer esperar, pensar e ver qual rumo vai dar para sua carreira como piloto. “Imagino que o tempo vá fazer ver as coisas diante de outra perspectiva, mas no momento a situação é muito pouco encorajadora”, finalizou.

Nota da redação: esta notícia, originalmente, tinha a chamada 'Piloto da GP2, Canamasas toma atitude rara, admite incompetência e abandona Carlin antes da etapa da Alemanha'. Após uma menção do internauta Wellington Ferreira S. Gomes em nossa página no Facebook, analisamos novamente e entendemos que houve um erro de interpretação de nossa parte ao avaliar que se tratava de uma assunção de falta de capacidade do piloto. A comprovação de que o 'falta de ritmo' se refere a um problema da equipe também vem de Canamasas, em uma resposta que dá no Twitter, reproduzida abaixo. Agradecemos a Wellington e fazemos esta correção na notícia.
PADDOCK GP #39 DEBATE F1 E MOTOGP COM CONVIDADO ALEX BARROS


Últimas Notícias
terça-feira, 17 de janeiro de 2017
F1
Indy
F-E
F1
F1
World Series
F1
F1
Warm Up
F1
F1
segunda-feira, 16 de janeiro de 2017
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook