Indy
10/03/2017 17:10

Campeão da Pro Mazda em 2016, Telitz garante pole em estreia na Indy Lights em St. Pete. Leist larga em 4º

Aaron Teliz teve um belo começo de trabalho na Indy Lights e cravou a pole para a corrida 1 em São Petersburgo. Matheus Leist também foi bem e vai largar em quarto
Warm Up
GABRIEL CURTY, de São Paulo
 

O campeão da temporada 2016 da Pro Mazda começou com tudo na Indy Lights. Nesta sexta-feira (10), Aaron Telitz cravou a pole para a corrida 1 em São Petersburgo, batendo o já experiente Kyle Kaiser por uma vantagem de quase 0s4. O tempo do americano, 1min07s584, foi excelente, apenas 2s mais lento que o de Conor Daly na Indy.

Atrás de Kaiser no grid aparece outro veterano de Lights. O colombiano Juan Piedrahita fez tudo certinho para ficar com o terceiro melhor tempo. Na sequência aparece o brasileiro Matheus Leist, com uma boa marca em sua estreia nos EUA.

Caçula da turma, Colton Herta fez bonito e assegurou o quinto posto no grid. Santi Urrutia, Neil Alberico e Shelby Blackstock ficaram na sequência. Pato O'Ward, que fez o segundo melhor tempo, acabou punido por causar uma bandeira vermelha no fim e sai em nono, na frente de Zachary Claman De Melo.

A classificação da corrida 2 acontece na manhã deste sábado, enquanto a primeira prova, no mesmo dia, tem largada prevista para 19h10 (em Brasília).
Aaron Telitz iniciou sua jornada na Lights com pole (Foto: Indy Lights)
Confira como foi a classificação para a corrida 1 da Lights:

A classificação para a corrida 1 da Indy Lights em São Petersburgo começou quando os relógios marcavam 16h30 (em Brasília).

Naturalmente, todos os 15 pilotos foram juntos para a pista, aproveitando os minutos de definição do grid. Quem começou puxando a fila foi o caçula da categoria. Colton Herta, de 16 anos, virou 1min09s583, tempo que ainda cairia certamente nos giros seguintes.

Os pilotos completaram a terceira volta e, mais uma vez, era Herta quem assumia a dianteira, agora com 1min08s401. Pato O'Ward, que liderou o treino livre, vinha na sequência, com Kyle Kaiser em terceiro, na frente do brasileiro Matheus Leist. Aaron Telitz, Dalton Kellett, Neil Alberico, Santiago Urrutia, Juan Piedrahita e Zachary Claman DeMelo fechavam o top-10.

A primeira bandeira vermelha surgiu por uma rodada de Nico Jamin, que perdia seus melhores tempos de volta, bem como O'Ward e Urrutia, que passaram acima da velocidade permitida em bandeira amarela. Com 20 minutos para o fim, bandeira verde acionada e Telitz saltando na ponta.

Urrutia e O'Ward, então, trataram de correr rapidamente atrás do prejuízo e voltaram ao topo da tabela de tempos. O uruguaio virou 1min08s228, enquanto mexicano fez 1min08s274. Alberico era o terceiro, enquanto Leist ocupava o quarto posto. 
Ryan Norman estampou o muro (Foto: Reprodução)
A segunda bandeira vermelha veio logo depois da volta rápida dos latinos. Dessa vez, o caso era um pouco mais demorado, já que o novato Ryan Norman tinha estampado o muro. 

A sessão classificatória recomeçou com oito minutos para o final e ação frenética na pista para ver se os tempos ainda poderiam cair. E caíram nas mãos de Telitz, que virou 1min07s848.

Porém, ainda havia tempo para mais e estava claro que o grid só seria definido depois que o cronômetro zerasse. O'Ward tomou a ponta com 1min07s627, mas logo a perdeu para o mesmo Telitz, que virou 1min07s584. Tentando dar o troco, O'Ward acertou o muro na curva 8 e, no apagar das luzes, lá estava novamente a bandeira vermelha.
 
PADDOCK GP #68 ANALISA SEGUNDA SEMANA DE TESTES DA F1 EM BARCELONA


Últimas Notícias
quinta-feira, 30 de março de 2017
F1
quarta-feira, 29 de março de 2017
MotoGP
F1
F2
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Stock Car
Indy
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook