Indy
11/03/2017 21:59

Dixon fala em carro “extremamente rápido” e assume culpa por perda da pole: “Cometi um erro na volta rápida”

Scott Dixon reconheceu que errou justamente quando não podia. Segundo o neozelandês, uma pequena falha na volta rápida acabou lhe custando a pole em São Petersburgo
Warm Up
GABRIEL CURTY, de São Paulo
 

Scott Dixon foi o cara dos treinos livres, mas deixou a pole escapar no detalhe neste sábado (11) em São Petersburgo. O neozelandês assumiu a culpa pela perda da primeira posição para Will Power, mas mostrou confiança na Ganassi para a corrida, apostando que pode tomar a dianteira "quando realmente importa".
 
Dixon explicou que tinha um grande carro e lamentou bastante o erro que cometeu justamente durante a volta rápida no Fast Six.
 
"Infelizmente a culpa foi minha hoje. Nós tínhamos um carro extremamente rápido e deveríamos estar na pole. Eu cometi um pequeno erro na minha volta rápida e assim fiquei em segundo", disse.
Scott Dixon larga em segundo em São Petersburgo (Foto: Indycar)
O veterano admitiu que ficou frustrado com o resultado final, mas elogiou o trabalho coletivo de Ganassi e Honda e falou em tomar a dianteira na corrida.
 
"Obviamente eu estou desapontado, mas o time tem quatro carros muito velozes. Estamos trabalhando bem juntos e com a Honda. Não vejo a hora de correr amanhã, espero que nosso carro esteja na ponta quando realmente importa", completou.
 
PADDOCK GP #68 ANALISA SEGUNDA SEMANA DE TESTES DA F1 EM BARCELONA


Últimas Notícias
sexta-feira, 26 de maio de 2017
F1
MotoGP
Superbike
MotoGP
F1
F1
F1
Indy
quinta-feira, 25 de maio de 2017
Indy
MotoGP
Indy
Outras
MotoGP
F1
Indy
Galerias de Imagens
Facebook