Indy
16/02/2017 19:25

KV confirma fim das atividades e anuncia repasse de equipamentos para Juncos no Road to Indy

O que todos já sabiam aconteceu: a KV anunciou o fim das atividades da equipe. Kevin Kalkhoven e Jimmy Vasser agradeceram o público e informaram que os equipamentos do time vão para a Juncos no Road to Indy
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
 

estava claro que a KV não disputaria a temporada 2017 da Indy, mas a equipe guardou o anúncio oficial de que está fechando as portas para esta quinta-feira (16). Kevin Kalkhoven e Jimmy Vasser, em comunicado, lamentaram o fim do time e contaram que os equipamentos do time vão para a Juncos no Road to Indy.
 
A KV lutou até os últimos dias para tentar garantir a continuidade do time, mas as tentativas de parcerias com a Carlin e Mikhail Aleshin não deram resultado, tirando a equipe do grid. A grande novidade do anúncio foi o acordo com a Juncos, quando os rumores davam conta de que os equipamentos seriam leiloados.
 
Kalkhoven agradeceu aos fãs da categoria e citou a idade já elevada como empecilho para seguir se dedicando ao máximo para a KV e a Indy.
 
"Adorei ter feito parte disso tudo, ter participado da reunificação e, claro, vencido a Indy 500. Queria agradecer a todos que gostaram de ver a KV na categoria e nos apoiaram. Eu estou com 73 anos, não conseguiria mais ter o esforço que o time e a categoria merecem. A categoria tem um futuro brilhante com Mark Miles e Jay Frye, prometo seguir ajudando no que for preciso, principalmente o Juncos, que me ofereceu o acordo", disse.
Sébastien Bourdais venceu a última corrida da KV na Indy (Foto: IndyCar)
Campeão da CART em 1996 e outro dos donos da equipe, Vasser seguiu a linha de Kalkhoven no tom da despedida.
 
"Eu gostaria de agradecer muito aos fãs que nos apoiaram por todos esses anos. Queria também agradecer muito o Kalkhoven por ter me dado a oportunidade de fazer a transição de piloto para dono de time enquanto eu ainda guiava. Todos que estiveram ao nosso lado sempre serão lembrados por mim. Foi uma jornada de altos e baixos, mas jamais esquecerei nossa vitória na Indy 500 em 2013. A Indy está na minha alma, vai ser interessante ver o que serei daqui para frente", falou.
 
A KV teve seus bons momentos na Indy, mas em geral foi uma equipe média na categoria. O grande momento do time foi a vitória da Indy 500 em 2013, com o brasileiro Tony Kanaan em atuação inspirada. Além de Tony, o Brasil viu com as cores da KV Mario Moraes, Cristiano da Matta e Rubens Barrichello.
 
Com apenas um carro em 2016, a KV teve altos e baixos com Sébastien Bourdais, mas ao menos deixou a categoria com uma grande vitória em Detroit, além de 11 top-10.


PADDOCK GP #65 RECEBE PIPO DERANI E FAZ PRÉVIA DO eP DA ARGENTINA DE F-E


Últimas Notícias
terça-feira, 25 de abril de 2017
Outras
Indy
F-E
F1
Indy
F1
Indy
Nascar
MotoGP
F1
F1
MotoGP
F1
F1
Warm Up
Galerias de Imagens
Facebook