Lançamentos F1
19/02/2013 09:20

Maldonado aposta na consistência para reduzir diferença para equipes top e tornar Williams competitiva

Em sua terceira temporada na “família Williams”, Pastor Maldonado destacou o bom ambiente em Grove e disse acreditar no potencial da equipe para voltar a lutar por vitórias nesta temporada
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

► Confira imagens do FW35, carro da Williams para a temporada 2013 da F1
► Em tempos de crise, F1 adota padrão 'fast-food' para lançamento dos carros

Parafraseando Luís Felipe Scolari, Pastor Maldonado exaltou a “família Williams”. Em seu terceiro ano representando a equipe do lendário Frank Williams, o piloto venezuelano acredita que terá um ano tão bom — ou até melhor — que o de 2012, quando venceu o GP da Espanha, justamente em Barcelona, palco da apresentação do FW35 na manhã desta terça-feira (19). Maldonado destacou o bom ambiente dentro do time depois da ascensão de Valtteri Bottas ao posto de titular e também à chegada do seu novo engenheiro, Andrew Murdoch. Xevi Pujolar, antigo engenheiro do latino-americano, foi promovido a engenheiro-chefe de corridas da Williams.

Pastor disse que a principal meta da escuderia britânica para 2013 é ser mais consistente. Na visão do bolivariano e pupilo de Hugo Chávez — que agora dá sequência ao seu tratamento contra o câncer em Caracas —, ter um carro com desempenho mais estável será fundamental para diminuir a diferença para as equipes top da F1.

Ao lado de Bottas, Maldonado vai novamente liderar a Williams na F1 em 2013 (Foto: Williams)

“Começar minha terceira temporada com a Williams é importante tanto para mim quanto para a equipe. Nós trabalhamos com afinco para desenvolver o carro e melhorar o nosso desempenho. No ano passado, vencemos uma corrida e fomos competitivos, mas nesta temporada nós temos de ser ainda mais competitivos, e acreditamos que isso seja possível”, destacou o piloto de 27 anos. “A consistência será a nossa meta para diminuir a diferença com as equipes da ponta.”

“Há algumas mudanças para esta temporada: tenho um novo engenheiro e um novo companheiro de equipe, Valtteri, mas há um grande ambiente agora, então todos nós somos competitivos e conhecemos bem uns aos outros”, destacou Maldonado, feliz por representar uma equipe tão tradicional e histórica para a F1.

“Ser parte da família Williams é muito especial como piloto e gostaria de agradecer a Frank não apenas por me dar a chance de guiar para ele, mas também por me dar uma vitória. Meu objetivo é ajudar a levar a equipe de volta ao topo”, finalizou.

Últimas Notícias
domingo, 26 de março de 2017
Nascar
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
Outras
MotoGP
MotoGP
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook