Lançamentos F1
19/02/2013 09:20

Maldonado aposta na consistência para reduzir diferença para equipes top e tornar Williams competitiva

Em sua terceira temporada na “família Williams”, Pastor Maldonado destacou o bom ambiente em Grove e disse acreditar no potencial da equipe para voltar a lutar por vitórias nesta temporada
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

► Confira imagens do FW35, carro da Williams para a temporada 2013 da F1
► Em tempos de crise, F1 adota padrão 'fast-food' para lançamento dos carros

Parafraseando Luís Felipe Scolari, Pastor Maldonado exaltou a “família Williams”. Em seu terceiro ano representando a equipe do lendário Frank Williams, o piloto venezuelano acredita que terá um ano tão bom — ou até melhor — que o de 2012, quando venceu o GP da Espanha, justamente em Barcelona, palco da apresentação do FW35 na manhã desta terça-feira (19). Maldonado destacou o bom ambiente dentro do time depois da ascensão de Valtteri Bottas ao posto de titular e também à chegada do seu novo engenheiro, Andrew Murdoch. Xevi Pujolar, antigo engenheiro do latino-americano, foi promovido a engenheiro-chefe de corridas da Williams.

Pastor disse que a principal meta da escuderia britânica para 2013 é ser mais consistente. Na visão do bolivariano e pupilo de Hugo Chávez — que agora dá sequência ao seu tratamento contra o câncer em Caracas —, ter um carro com desempenho mais estável será fundamental para diminuir a diferença para as equipes top da F1.

Ao lado de Bottas, Maldonado vai novamente liderar a Williams na F1 em 2013 (Foto: Williams)

“Começar minha terceira temporada com a Williams é importante tanto para mim quanto para a equipe. Nós trabalhamos com afinco para desenvolver o carro e melhorar o nosso desempenho. No ano passado, vencemos uma corrida e fomos competitivos, mas nesta temporada nós temos de ser ainda mais competitivos, e acreditamos que isso seja possível”, destacou o piloto de 27 anos. “A consistência será a nossa meta para diminuir a diferença com as equipes da ponta.”

“Há algumas mudanças para esta temporada: tenho um novo engenheiro e um novo companheiro de equipe, Valtteri, mas há um grande ambiente agora, então todos nós somos competitivos e conhecemos bem uns aos outros”, destacou Maldonado, feliz por representar uma equipe tão tradicional e histórica para a F1.

“Ser parte da família Williams é muito especial como piloto e gostaria de agradecer a Frank não apenas por me dar a chance de guiar para ele, mas também por me dar uma vitória. Meu objetivo é ajudar a levar a equipe de volta ao topo”, finalizou.


Últimas Notícias
quinta-feira, 21 de setembro de 2017
MotoGP
Nascar
F1
MotoGP
F-E
F1
F1
MotoGP
Indy
MotoGP
F1
F1
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook