Lançamentos F1
02/02/2013 12:47

Monisha fala em pressão extra por chefiar Sauber e diz que meta para 2013 é manter “curva de evolução”

Monisha Kaltenborn, chefe da equipe Sauber, se mostrou otimista ao falar da temporada que começa na Austrália e depositou esperança no bom desempenho da nova dupla de pilotos
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

► Confira as imagens do C32, carro da Sauber para a temporada 2013 da F1
► O que achou do C32 da Sauber? Comente no Facebook do GP

Monisha Kaltenborn assumiu um posto único na F1 em outubro do ano passado, quando se tornou a primeira mulher a ocupar o posto de chefe de equipe na mais tradicional das categorias do mundo. Nascida em Dehardun, na Índia, mas dona de cidadania austríaca, Monisha agora terá a tarefa de comandar a Sauber desde o início da temporada. Neste sábado (2), foram dela as primeiras palavras sobre o novo campeonato e o C32, o carro para 2013.

A dirigente se mostrou otimista ao falar da temporada que começa na Austrália e depositou esperança no bom desempenho da nova dupla de pilotos, o alemão Nico Hülkenberg e o novato Esteban Gutiérrez. "Estou realmente muito animada", disse, diante do C32, na sede da equipe, em Hinwil, na Suíça. "O lançamento de um novo carro é sempre um momento especial a cada ano. É algo em que você trabalhou durante quase um ano. Todo mundo na equipe está entusiasmado neste momento, porque todos fizeram parte desta história", completou Kaltenborn.

Gutiérrez e Hülkenberg mostram ao mundo o C32 (Foto: Reprodução)

"Quanto às expectativas, eu posso dizer que essa é uma pergunta delicada de se responder. Mas posso falar que estamos bem preparados, que temos um bom carro, vindo de um campeonato competitivo no ano passado, e que já temos nossas metas de desempenho traçadas. E isso nos coloca em uma posição de bastante confiança. Porém, só vamos descobrir se tudo isso será possível em Melbourne, quando alinharmos para a primeira corrida da temporada", acrescentou. "Mas não estamos falando que queremos terminar o ano nesta ou naquela posição. Em última instância, o que queremos é continuar com essa curva de evolução."

Perguntada sobre o papel de comando na Sauber, Monisha afirmou que vê a responsabilidade de duas formas. "É e não é uma situação especial. Por um lado, não mudou muita coisa para mim desde que assumir esse cargo, porque já estava envolvida em muitas decisões da equipe antes, como as principais reuniões. Porém, de outro lado, ainda é, sim, algo especial porque agora toda a responsabilidade recai sobre os meus ombro. E isso, claro, sempre gera uma pressão extra", admitiu.

Kaltenborn, por fim, falou sobre seus dois pilotos titulares. "A relação de Esteban Gutiérrez com o nosso time teve início por volta de 2010, quando começamos a mostrar a ele o mundo da F1. Agora, Esteban está pronto para dar o passo final. Esperamos que ele aprenda rapidamente e transforme seu talento em bons resultados", declarou. "Já Nico Hülkenberg nos impressionou em muitas ocasiões, não só com a sua velocidade, mas, o que é ainda mais importante, pela forma como ele tem piloto e pela maneira eficiente com que trabalha”, concluiu.


Últimas Notícias
quarta-feira, 16 de agosto de 2017
F1
MotoGP
MotoGP
Stock Car
Stock Car
Indy
Indy
F1
MotoGP
MotoGP
F1
F1
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook