Lançamentos F1
19/02/2013 07:43

Sem degrau e com pintura básica, Williams apresenta FW35 de olho em mais vitórias em 2013

De maneira discreta, Pastor Maldonado e Valtteri Bottas apresentaram o Williams FW35 na manhã desta terça-feira (19) em Barcelona, palco da sua única vitória em 2012, minutos antes do sinal verde para o início da segunda bateria da pré-temporada da F1
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

► Confira imagens do FW35, carro da Williams para a temporada 2013 da F1

Barcelona é um lugar especial para a Williams. Foi lá que, em maio do ano passado, Pastor Maldonado quebrou um jejum de quase oito anos sem vitória da tradicional escuderia britânica, tão acostumada a títulos e glórias, mas que atravessou anos de seca nos últimos tempos. E nada melhor para o time de Frank Williams do que apresentar o carro para 2013 em um lugar inspirador. Nesta terça-feira (19), Pastor Maldonado e Valtteri Bottas posaram ao lado do novo FW35, novamente empurrado pelo motor Renault, para a disputa da temporada 2013 da F1.

► Em tempos de crise, F1 adota formato 'fast-food' para lançamento dos carros

Este é o carro com o qual a Williams tentará lutar por mais vitórias em 2013 (Foto: Williams)

O modelo confirma as previsões e vem sem degrau no bico, tendo o chamado ‘painel da vaidade’, tornando-o bem mais bonito que o antecessor FW34. A Williams vem com uma pintura bastante básica, como apresentou no primeiro treino da pré-temporada, com predominância do azul e branco.

A intenção da Williams é uma só com um carro considerado 80% novo em relação ao FW34, com nova caixa de câmbio, suspensão traseira, assoalho e escapamentos: voltar a vencer e estar entre as melhores do grid. Com o rápido e arrojado Maldonado, que agora terá como companheiro de equipe o jovem e talentoso novato Bottas — substituto de Bruno Senna —, Frank Williams, Mike Coughlan e a cúpula da escuderia de Grove acreditam que os dias de glória podem voltar em 2013.

Diretor-técnico da equipe, Coughlan falou sobre o novo bólido e as novidades em relação ao modelo do ano passado. “Levando em conta a estabilidade das regras durante o inverno, estou satisfeito com a evolução que temos conseguido fazer com este carro. Ele é melhor, um carro de F1 mais refinado que o FW34 e acho que todos os que estiveram envolvidos no projeto podem sentir orgulho do trabalho bem feito”, disse o britânico.

“O efeito Coanda será uma grande coisa para nós. Não houve nenhum maior esclarecimento a respeito do regulamento nesta área do carro, então nós vamos trabalhar bem próximos à Renault para elevar ao máximo os ganhos disponíveis. O uso do DRS será mais restrito neste ano, por isso vamos focar em outras áreas”, completou.

Já o mítico Frank Williams seguiu Coughlan e destacou o esforço dos funcionários da equipe na construção de mais um carro. “Um grupo de pessoas talentosas com boa imaginação e muita coragem vem trabalhando em conjunto para construir o Williams Renault FW35”.

“Vamos ter de esperar até a Austrália para realmente ver o que temos, mas acreditamos que esse é um passo à frente em relação ao carro do ano passado, que também foi um carro muito competitivo. Pastor tem um caráter fascinante e um piloto muito determinado, enquanto Valtteri é mais tranquilo, mas muita água ainda vai rolar, e ele é um piloto muito talentoso”, definiu Frank.

“A Williams tem estado no topo muitas vezes ao longo dos últimos 30 anos. É da natureza do esporte ter altos e baixos, mas quando estamos embaixo, sempre lutamos para trilhar nosso caminho de volta. É isso o que espero que com a atual equipe que temos, que com o nosso novo FW35, o talento combinado de Pastor, Valtteri e Susie e o apoio contínuo dos nossos parceiros, que vamos estar em uma posição de lutar com os melhores”, concluiu Sir Frank Williams.

Últimas Notícias
quarta-feira, 24 de maio de 2017
F1
F1
Indy
Indy
Indy
terça-feira, 23 de maio de 2017
F1
F1
F1
MotoGP
F1
Indy
Indy
F1
F1
F2
Galerias de Imagens
Facebook