Mercedes-Benz Challenge
10/12/2016 13:42

Ainda sofrendo efeitos de fratura na clavícula, Diniz avisa equipe que está fora da decisão do Mercedes-Benz Challenge

Arnaldo Diniz Filho não conseguiu se recuperar a tempo da lesão na clavícula que sofreu por conta da batida na etapa de Goiânia do Mercedes-Benz Challenge. Líder do campeonato na classe CLA, Diniz assim deixa a briga pelo título inteiramente aberta
Warm Up, de Interlagos
PEDRO HENRIQUE MARUM, de São Paulo
 

Líder do campeonato do Mercedes-Benz Challenge e favorito ao título da temporada 2016, Arnaldo Diniz Filho está fora da decisão do campeonato, neste domingo em Interlagos. Diniz tentava se recuperar de uma lesão na clavícula, e sua participação era dúvida até a manhã do sábado. Não mais, o GRANDE PRÊMIO pode confirmar.
 
Diniz, que tem 86 pontos contra 76 de Luiz Carlos Ribeiro, sofreu uma fratura de clavícula na etapa de Goiânia, quando tinha uma liderança muito confortável - 19 pontos. A forte pancada o transformou em dúvida. E assim foi até a manhã do sábado. A participação ou não de Diniz chegou a ser motivo de discussão no briefing dos pilotos na sexta-feira, visto que ninguém tinha ideia do que aconteceria.
 
O que se sabia era que Beto Gresse ia tomar lugar no carro #77 da Comark, e Diniz, se conseguisse correr, iria andar junto, em dupla. Algo que é permitido no Mercedes-Benz Challenge. Até a manhã do domingo, cerca de três horas antes do segundo treino livre, ninguém sabia o que iria acontecer. "Ele é foda, pode aparecer e dizer que quer tentar correr", disse um membro da equipe ao GP.
 
Mas próximo das 13h, o chefe do time, Paulo Hemmel, avisou para a equipe que Diniz não participaria. O piloto segurou a decisão para tentar voltar em Interlagos, testou o braço, mas nem ele e nem o médico que o acompanha se sentiram completamente seguros quanto à volta às pistas.
A batida que tirou Diniz da briga (Foto: Reprodução)
O time inclusive decidiu mudar o número do carro de #77 para #17. Uma mensagem do piloto terminou com o segredo mais bem guardado do final de semana e nem precisou comparecer ao autódromo.
 
Assim, no final das contas, a etapa final terá Ribeiro largando com 76 pontos contra 69 de Fernando Fortes e 67 de Betão Fonseca. O treino classificatório está marcado para as 16h50.

GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ a grande final da Stock Car com grande equipe: os jornalistas Fernando Silva, Gabriel Curty, Nathália de Vivo, Pedro Henrique Marum, Vitor Fazio e o repórter fotográfico Rodrigo Berton.

Últimas Notícias
quarta-feira, 29 de março de 2017
MotoGP
F1
F2
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Stock Car
Indy
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook