Mercedes-Benz Challenge
10/10/2016 14:30

Com vencedores ‘repetidos’, Mercedes-Benz Challenge retorna a Curitiba para sexta etapa neste fim de semana

O fim de semana que vai marcar o inesperado retorno do Mercedes-Benz Challenge a Curitiba também vai trazer algumas coincidências. Vencedores na última prova disputada, em Interlagos, Arnaldo Diniz Filho e Claudio Simão, respectivamente nas classes CLA AMG Cup e C 250 Cup, também começaram 2016 com vitória, justamente no Autódromo Internacional de Curitiba
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré
A sexta etapa da temporada 2016 do Mercedes-Benz Challenge será disputada neste fim de semana em uma jornada marcada por coincidências. O circuito que vai receber a categoria dos gentlemen-drivers é histórico e foi palco da primeira prova da história do certame, em 2011. O Autódromo Internacional de Curitiba, que há seis meses se despedia do Mercedes-Benz Challenge e da Stock Car, acabou não sendo vendido, de modo que o automobilismo brasileiro respira aliviado por manter uma das suas praças mais importantes. 
 
O fim de semana em Curitiba também vai trazer de volta à pista dois pilotos que, em particular, carregam um histórico vencedor em 2016. E marcado por coincidências. Arnaldo Diniz Filho, por exemplo, dominou a prova inaugural da temporada em 6 de março, em Curitiba
 
E, no último 11 de setembro, o paulista da Comark Racing triunfou na classe CLA AMG Cup, repetindo a vitória lograda no Paraná. Não à toa, Diniz é o líder do principal certame do Mercedes-Benz Challenge.
Arnaldo Diniz Filho venceu a primeira corrida do ano no Mercedes-Benz Challenge, em Curitiba (Foto: Fábio Davini)
Na C 250 Cup, o cenário é exatamente o mesmo. Claudio Simão, que corre com o C 250 #65 da equipe Sambaíba Racing, venceu a primeira corrida do campeonato em Curitiba, desbancando favoritos como a dupla Peter Gottschalk e Marcos Paioli e também Peter ‘Tubarão’ Gottschalk. 
 
Seis meses depois, Simão voltou ao topo do pódio depois de ter de se recuperar de um forte acidente sofrido em Cascavel. E, em grande estilo, Claudio repetiu o feito de Diniz na CLA AMG Cup e também venceu em Interlagos após ter conquistado o triunfo em Curitiba.
 
Apesar do retrospecto pra lá de positivo de Diniz e Simão na temporada, sobretudo Curitiba, palco da sexta etapa do campeonato, é prematuro colocá-los como franco favoritos à vitória no fim de semana. Em uma categoria tão equilibrada e até imprevisível como o Mercedes-Benz Challenge, são vários os candidatos ao topo do pódio nas duas categorias em disputa.
 
São pelo menos quatro os principais oponentes de Diniz em Curitiba: Fernando Fortes, vencedor em Goiânia, Luiz Carlos Ribeiro, piloto que vem pavimentando uma trajetória de extrema regularidade nas três últimas corridas, e de Adriano Rabelo, que travou um baita duelo com Arnaldo em Interlagos. Diniz, contudo, vem em boa posição no campeonato depois de nova vitória em São Paulo, ficando com 69 pontos, 15 a mais em relação ao vice-líder, Fortes.
Claudio Simão venceu na classe C 250 Cup em Interlagos e também triunfou em Curitiba, em março (Foto: Fabio Davini/Mercedes)
Mas pilotos como Betão Fonseca, Roger Sandoval, Cristian Mohr — que dominou os treinos livres e a classificação em Curitiba, em março, e até Marcelo Hahn, correm por fora nesta disputa.
 
A batalha pelo título na C 250 Cup está ainda mais acirrada. Claudio Simão ocupa a vice-liderança do campeonato e soma 68 pontos, oito a menos em relação ao grande nome da competição até aqui: o atual campeão Peter Michel ‘Tubarão’ Gottschalk. O paulista assumiu a ponta depois de ver os dominantes Marcos Paioli e Peter Gottschalk, que triunfaram nas etapas de Goiânia e Tarumã, mas foram excluídos da etapa de Interlagos, caindo de líderes para terceiro no campeonato. Apenas nove pontos separam os três primeiros colocados.
 
No fim das contas, nada ainda está definido, com três etapas pela frente na temporada 2016 do Mercedes-Benz Challenge. A começar deste fim de semana, em Curitiba. Depois, a categoria volta a Goiânia para a penúltima corrida e, por último, a etapa derradeira, em Interlagos. 
 
Neste caso, o velho chavão ainda vale: tudo ainda pode acontecer.

Últimas Notícias
sexta-feira, 20 de outubro de 2017
F1
F-E
Seletiva BR
F1
Outras
Stock Car
F1
F1
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook