Mercedes-Benz Challenge
15/07/2016 23:42

Estreante em Cascavel, Sandoval fecha sexta-feira na frente do primeiro treino livre do Mercedes-Benz Challenge

Roger Sandoval deixou para trás uma série de pilotos com experiência em Cascavel. Mesmo sem ter conhecimento do circuito, o gaúcho não tomou conhecimento e anotou 1min10s745 com seu CLA 45 AMG. Lorenzo Varassin, que corre ao lado do pai, foi o segundo colocado, enquanto Adriano Rabelo, que contou com a ajuda do YouTube para decorar a pista, fechou o top-3. Na classe C 250 Cup, o mais rápido foi Vinícius Simão, seguido de perto pelo pai
Warm Up, de Cascavel
FERNANDO SILVA, de Cascavel

O fim de semana da quarta etapa da temporada 2016 do Mercedes-Benz Challenge marca o retorno da categoria dos gentlemen-drivers a um dos principais palcos do automobilismo brasileiro: o Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, no Oeste do Paraná. A última vez que a categoria correu no desafiador traçado de 3.058 m foi em 2012, quando apenas os C 250 Turbo estavam na pista. Assim, muitos dos 30 competidores que fazem parte do grid na atualidade jamais tiveram a chance de acelerar em Cascavel antes desta sexta-feira (15).
 
O que poucos poderiam imaginar é que justamente um desses novatos em Cascavel fosse liderar o primeiro treino livre do fim de semana. Roger Sandoval, que jamais havia acelerado no Zilmar Beux, deixou os pilotos mais experientes no traçado ‘comendo poeira’ e garantiu o melhor tempo do dia ao anotar 1min10s745. 
 
Assim como aconteceu em Tarumã, no fim de junho, o gaúcho Sandoval repete em Cascavel o feito de liderar o primeiro treino do fim de semana na classe principal do Mercedes-Benz Challenge, a CLA AMG Cup, que corre pela primeira vez no circuito.
Novato em Cascavel, Roger Sandoval superou Lorenzo Varassin nesta sexta-feira (Foto: Fabio Davini/Mercedes-Benz)
“Esta é uma pista com características parecidas com as de Tarumã, já que ambas são de alta velocidade. E acabei me adaptando rapidamente a ela neste treino que marcou minha estreia em Cascavel”, comemorou o gaúcho. “Mesmo assim, fomos além das expectativas, já que esperávamos estar entre o sexto e sétimo lugares. Gostei bastante da famosa Curva do Bacião e vi algumas semelhanças entre este trecho e partes do autódromo de Londrina e Santa Cruz do Sul, onde é preciso controlar bem a aceleração do carro”, destacou o piloto.
 

Já o segundo lugar do primeiro treino ficou com uma dupla que conhece bem Cascavel. Lorenzo Varassin, que corre ao lado do pai, Paulo Varassin, posicionou o carro da Cordova Motorsports logo atrás de Sandoval com o tempo de 1min10s946 com o CLA 45 AMG #37. A dupla, que conta com larga experiência no endurance e também em certames regionais, conhece com precisão o veloz circuito cascavelense.
 
Em terceiro aparece outro novato. Embalado pela grande performance que resultou em pole-position e vitória em Tarumã, Adriano Rabelo assinalou 1min11s133 como melhor tempo. Para aprender melhor o traçado, o ‘Cearense Voador’ contou com a ajuda providencial de um aliado eletrônico, o YouTube.
 
“Vejo muitos vídeos e, com isso, vou pegando as referências e as linhas de traçado ideais. Quando chego ao autódromo, faço uma volta de moto pela pista para reconhecer bem o traçado e procuro arriscar bastante. Além disso, tenho tido um ótimo carro”, declarou o piloto, confiante em faturar a pole-position no sábado. “Consegui uma rápida adaptação ao traçado, que é rápido e muito gostoso de pilotar. O trecho mais temido, que é a Curva do Bacião, me lembrou o fim de reta do autódromo de Fortaleza, onde treino e corro com mais frequência, de modo que não me senti tão longe de casa”, salientou Adriano.
Adriano Rabelo teve sua primeira experiência em Cascavel. E surpreendeu (Foto: Fabio Davini/Mercedes-Benz)
Na classe C 250 Cup, Vinicius Simão foi o mais rápido, ficando em 18º na classificação geral. Apesar de ter sido sua estreia em Cascavel correndo pelo Mercedes-Benz Challenge, Simão se sente à vontade no circuito. “Cascavel é minha segunda casa, já que a família da minha esposa é da região, e a familiaridade com a pista sempre ajuda. Tenho algumas corridas aqui no Regional de Marcas, e esta estreia pelo Mercedes-Benz Challenge foi surpreendente, já que os carros são bastante diferentes.”
 
“Além disso, meu carro está excepcional. O trabalho da equipe Sambaíba Racing tem sido excelente”, complementou Vinícius, que anotou 1min14s483. O piloto foi seguido pelo pai, Claudio Simão, que venceu a primeira corrida do campeonato, em Curitiba e é o vice-líder da C 250 Cup. O patriarca da família Simão ficou a 0s049 do filho.
Vinicius Simão deu as cartas no primeiro treino em Cascavel para a C 250 (Foto: Fabio Davini/Mercedes-Benz)
“Tudo indica que levamos mais sorte quando corremos em família. Embora cada um use um carro, fomos muito bem em Goiânia, quando dividimos o boxes, mas não fui tão bem assim em Tarumã, quando o Vinícius não correu. E neste primeiro treino deu tudo certo. Á conheço bem a pista também em razão do Regional de Marcas, e meu carro, assim como o do Vinícius, esteve excepcional”, comemorou.
 
O sábado em Cascavel reserva um dia cheio para o Mercedes-Benz Challenge. Às 10h50, horário de Brasília, os pilotos da CLA AMG Cup e C 250 Cup voltam todos juntos para uma hora de segundo treino livre, enquanto o treino classificatório acontece no período da tarde, a partir de 16h05 para a CLA AMG Cup e às 16h35 para a C 250 Cup, com 20 minutos de sessão para cada uma das categorias. A quarta etapa do Mercedes-Benz Challenge terá transmissão ao vivo pelo canal por assinatura BandSports a patir de 10h30 de domingo.
PADDOCK GP #37 ABORDA FIM DE SEMANA INTENSO NO ESPORTE A MOTOR


Últimas Notícias
domingo, 28 de maio de 2017
Indy
Indy
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Superbike
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook